Pelotas-RS 3 x 1 São Caetano-SP - Azulão segue em péssimo momento na Série D…

Com o resultado, os donos da casa subiram para a segunda colocação do Grupo A8, com dez pontos

Publicado em .

Com o resultado, os donos da casa subiram para a segunda colocação do Grupo A8, com dez pontos

Pelotas, RS, 15 (AFI) - Três dias após conquistar o título paulista da Série A2, o São Caetano-SP, utilizando uma escalação alternativa e sendo comandado pelo técnico interino Dininho, voltou a campo na tarde desta quinta-feira (15), quando foi ao estádio Boca do Lobo, em Pelotas (RS), e acabou perdendo para o Pelotas-RS, por 3 a 1, pela sexta rodada da primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série D.

Espaço incorporado por HTML (embed)

Com o resultado, os donos da casa subiram para a segunda colocação do Grupo A8, com dez pontos, um abaixo do líder Novorizontino-SP. Caxias-RS, com dez, e Joinville-SC, com nove, fecham a zona de classificação para o mata-mata. Os visitantes, por outro lado, seguram a lanterna, com apenas dois.

PRIMEIRO TEMPO
O Pelotas é que criou as grandes chances da etapa inicial. Logo aos três minutos, bela trama, passando a bola de pé em pé, até que Marcão fez o pivô para Juliano pegar de primeira, da entrada da área. Acabou tirando tinta da trave.

Aos 14, Marcelo cruzou todo torto, mas acabou mandando em direção à baliza azulina, o que exigiu boa defesa do goleiro Caio. Na sequência, aos 17, Juliano partiu na individualidade, puxando da esquerda para a direita, e bateu firme.

O goleiro visitante, bem posicionado, conseguiu encaixar. A pressão mandante continuou. Juliano limpou dois marcadores na intermediária e acionou Ramires com passe pelo alto. Ele chegou pegando de primeira, mas jogou por cima do travessão.

Foto: Tales Leal | AI ECP
Foto: Tales Leal | AI ECP

De tanto tentar, os donos da casa, enfim, abriram o placar. Aos 36, ótima jogada pelo lado direito, Juliano foi à linha de fundo e cruzou para Marcão, que se antecipou à marcação e, de letra, com muita categoria, balançou as redes.

ETAPA FINAL
No segundo tempo, o Pelotas voltou disposto a aumentar a diferença. Após boa troca de passes, aos seis minutos, Ariel recebeu pelo lado direito e, ao invés de tentar o cruzamento, arriscou o arremate. Caio colocou para fora.

O próprio Ariel cobrou o escanteio e até tentou o gol olímpico. Novamente o goleiro azulino fez a defesa. Aos 15, Ariel fez boa jogada pelo meio e acionou Itaqui, que foi derrubado na área. Juliano chamou a responsabilidade e partiu para a cobrança do pênalti.

Com tranquilidade, acertou o cantinho direito e ampliou o placar para os gaúchos. Já aos 24, Marcão roubou a bola e puxou o contra-ataque em velocidade, até que Marcelo tabelou com Juliano e bateu forte, cruzado. Caio defendeu com a ponta dos pés.

A reta final foi intensa. Aos 31, Lucas Limão descontou para o São Caetano em grande cobrança de falta na entrada da área. Aos 33, Gabiga fez ótima jogada individual pelo lado esquerdo e cruzou na medida para Marcão cabecear e ampliar para o Pelotas.

PRÓXIMOS JOGOS
O Pelotas volta a campo no domingo (18), às 16h, no Domingo Gonzales, em Tubarão (SC), diante do Tubarão-SC. Um pouco depois, às 18h, o São Caetano recebe o Joinville-SC, em São Caetano do Sul, no Anacleto Campanella. Os duelos serão válidos pela sétima rodada da primeira fase, a última do primeiro turno.