Casa da Portuguesa, Canindé pode ser utilizado na retomada do Paulistão. Entenda!

Santo André 'está desalojado', já que o estádio Bruno José Daniel virou hospital de campanha no combate à pandemia de covid-19

Publicado em .

Santo André 'está desalojado', já que o estádio Bruno José Daniel virou hospital de campanha no combate à pandemia de covid-19

São Paulo, SP, 26 (AFI) - Casa da Portuguesa, que disputa o Paulista A2, o estádio do Canindé, em São Paulo, deverá receber as partidas restantes do Santo André como mandante no Paulistão.

De acordo com o jornalista Paulo Vinícius Coelho, o PVC, a tendência é que o Ramalhão 'se mude' para a Capital. Afinal de contas, o Bruno José Daniel, em Santo André, virou hospital de campanha no combate à pandemia de covid-19.

Canindé
Canindé
O Pacaembu, em São Paulo, também está envolvido nessa batalha, o que pode fazer com que o Canindé receba ainda mais partidas. Cabe destacar que, nos últimos dias, a casa rubro-verde passou por significativas melhorias.

LEMBRA?
Conforme lembrado pelo Netlusa, a última vez que o Canindé foi utilizado na Série A1 foi no dia 23 de março de 2014, quando a Portuguesa venceu o Rio Claro por 4 a 3, pela última rodada do Paulistão daquele ano. Em 2015, a Lusa foi rebaixada sem atuar em seu estádio por causa de uma interdição da prefeitura.