Sem técnico, time da Segundona pode levar WO por falta de jogador. Confira!

O treinador Serginho Índio deixou o América após a direção rubra não cumprir o que havia sido combinado entre eles

Publicado em .

O treinador Serginho Índio deixou o América após a direção rubra não cumprir o que havia sido combinado entre eles

São José do Rio Preto, SP, 14 (AFI) - O América corre o risco de não entrar em campo e enfrentar o Osvaldo Cruz, neste sábado, às 16 horas, em Osvaldo Cruz, no estádio Brenão, pela 12ª rodada da primeira fase do Campeonato Paulista da Segunda Divisão. O motivo é a falta de falta de jogador no elenco.

As baixas começaram quando o técnico Serginho Índio deixou o clube americano após a direção rubra não cumprir o que havia sido combinado entre eles. Por conta disso, algum treinador das categorias de base, cujo nome ainda não foi definido, deve ficar à frente do Mecão diante do Azulão.

Depois, o volante Luiz Henrique, o meia Rafael e o atacante Juninho também pediram para deixar o Teixeirão alegando falta de pagamento e condições de trabalho e moradia - outros atletas também podem fazer o mesmo. Até o momento, porém, apenas Luiz Henrique foi desligado oficialmente.

Serginho Índio
Serginho Índio

A situação está tão complicada que, na derrota por 3 a 1 para o José Bonifácio, no último final de semana, apenas quatro jogadores estavam no banco de reservas rio-pretenses.

No momento, o América ocupa a sexta colocação do Grupo 1, com apenas sete pontos, o mesmo do lanterna Bandeirante. Fernandópolis, com 21; Andradina, com 18; Tupã, com 17; e Osvaldo Cruz e José Bonfiácio, com 11; aparecem à frente. Restam apenas três rodadas para o final da primeira fase da Segundona Paulista.

"A cada dia que passa, essa direção vem denegrindo ainda mais a imagem do América, um clube com um legado enorme para o futebol do Interior por conta do belo passado", disse Serginho Índio.