Presidente do Sampaio participa de reunião da criação da LIBRA

O presidente do Sampaio Corrêa e os Clubes signatários se reuniram na manhã de hoje e reafirmaram seu compromisso em trabalhar na criação da Liga de futebol profissional no Brasil

O presidente do Sampaio Corrêa participou da reunião entre clubes signatários para a formação da nova competição no Brasil, a LIBRA

Categorias: Futebol Brasil

Por: Agência Futebol Interior, 17/05/2022

Presidente do Sampaio Corrêa
Presidente do Sampaio Corrêa. (Foto: Reprodução/ Instagram)

Campinas, SP, 17 (AFI) – O presidente do Sampaio Corrêa, Sergio Frota e os Clubes signatários se reuniram na manhã de hoje (17) e reafirmaram seu compromisso em trabalhar na criação da Liga de futebol profissional no Brasil, com o objetivo de transformá-la em uma das 3 maiores Ligas do mundo.

No entendimento destes clubes, quatro princípios são fundamentais como pontos de partida da fundação da Liga:

  1. A Liga deve ser formada pelos 40 (quarenta) clubes que compõem atualmente as Séries A e B do Campeonato Brasileiro, permitindo a construção de um produto forte e que a comercialização coletiva maximize seu potencial econômico;
  2. A divisão das receitas coletivas deve se dar de forma objetiva, meritocrática e equilibrada, de forma que, respeitando as peculiaridades dos clubes, incentive os comportamentos corretos e não perenize discrepâncias decorrentes de contratos individuais negociados em contexto particular;
  3. A Liga deve ser formada tendo o máximo de pontos definidos de forma clara e objetiva, a fim de evitar potenciais conflitos futuros que gerem perda de valor para o produto.
  4. As normas de compliance devem existir desde a formação e devem ser claras, objetivas, rígidas e de padrão internacional. Dito de forma simples, a Liga deve criar as condições para maximizar o tamanho da receita total e ser compartilhada de forma justa.
Presidente do Sampaio Corrêa
Presidente do Sampaio Corrêa. (Foto: Reprodução/ Instagram)

SAMPAIO CORRÊA E OUTRO CLUBES

Os clubes signatários definiram que estarão representados por consultores especializados que deverão atuar para negociar as questões econômicas e comerciais com o interlocutor/representante do grupo de clubes que anunciou uma união sob o nome de LIBRA.

O objetivo dessa negociação entre os clubes é a criação da Liga com os 40 participantes das Séries A e B a partir de parâmetros técnicos e objetivos. As empresas nomeadas seguirão as orientações de uma comissão formada pelos Presidentes de América-MG, Atlético-MG, Fluminense, Fortaleza, Internacional e a ANCF – Associação Nacional de Clubes de Futebol.

Confira também: