Paulistão: Vaiado, Carille reconhece oscilação do Santos: 'Começamos bem e depois caímos'

Marcos Leonardo abriu o placar, mas Silvinho deixou tudo igual para o São Bernardo na Vila

Categorias: Grandes clubes de São Paulo

Por: Agência Estado, 10/02/2022

Carille Santos Paulistao 2022
O treinador lamentou mais um empate do time no Estadual

Santos, SP, 10 – Alvo maior da vaia que tomou conta da Vila Belmiro após o empate, por 1 a 1, diante do São Bernardo, nesta quinta-feira, o técnico Fábio Carille reconheceu oscilação na produção do time do Santos.

“Temos oscilado demais. Contra o Corinthians fizemos bom segundo tempo, contra Guarani primeiro tempo bom e segundo não tão bom. Hoje começamos bem e depois caímos”, disse o treinador.

“Muitas vezes perdemos jogando bem. Hoje não merecemos a vitória. Começamos bem, criando oportunidades, depois nos perdemos, erramos passes e deixamos de ser simples na zona de segurança. Adversário ganhou moral e nos perdemos. O que mais tira o sono é o desempenho.”

Para Carille, o excesso de ímpeto do time na tentativa de agredir o adversário é fator a ser corrigido nas próximas partidas. “Falo muito de simplicidade, não gosto de inventar. A simplicidade do ano passado foi fundamental para sairmos da zona incômoda no Campeonato Brasileiro. Passe no pé, ajudar companheiro, tocar para trás e respirar. Somos muito verticais.”

O treinador aproveitou para repartir a culpa pelos resultados fracos da equipe neste início de campeonato. Em casa, o Santos perdeu para o Botafogo (0 a 1) e nesta quinta empatou (1 a 1) com o São Bernardo. “Temos nos perdido. Temos que reconhecer, eu com a parte técnica, e atletas individualmente. Temos que trabalhar mais para melhorar.”

Confira também: