PAULISTA A2: Clima quente para definir os dois finalistas

Portuguesa tenta confirmar acesso no Canindé diante do Rio Claro e clima quente em Barueri no duelo entre Oeste e São Bento. É dia de decisão.

Paulista A2 vai definir os dois finalistas e que vão garantir acesso à elite em 2023. Apenas a Lusa entra em campo em vantagem

Categorias: Futebol Interior

Por: Agência Futebol Interior, 08/04/2022

Portuguesa em vantagem no Paulista A2
Portuguesa joga por empate. (Foto: Doriva Rosa/Portuguesa)

São Paulo, SP, 8 (AFI) – A Portuguesa está perto de subir um degrau no seu planejamento para voltar a viver grandes dias no futebol. Neste sábado, a Lusa enfrenta o Rio Claro, a partir das 16 horas no Canindé pelas semifinais do Campeonato Paulista da Série A2. E só precisa de um empate para ir à final e, consequentemente, confirmar seu retorno à elite estadual em 2023.


Na outra semifinal, Oeste e São Bento, brigam por uma vaga na decisão da temporada. Os dois finalistas vão ocupar as vagas deixadas pelos dois rebaixados nesta temporada: Novorizontino e Ponte Preta. As finais serão disputados também em dois jogos, sem vantagem de empate.

CLIQUE E CONFIRA TUDO SOBRE A COMPETIÇÃO !

Portuguesa lidera classificação e indicadores
Portuguesa decide vaga no Canindé. Foto: Dorival Rosa (Netlusa)

EM VANTAGEM
Na semana passada a Portuguesa venceu o Rio Claro por 1 a 0, atuando no estádio do adversário. Agora deve contar com o apoio de sua torcida para carimbar seu acesso. O empate, por qualquer resultado, dá a vaga à Lusa, que se perder por um gol de diferença terá que definir a vaga nas cobranças de pênaltis. O Rio Claro precisa vence por dois gols de diferença.

Desde 2016 na Série A2, a Portuguesa se preparou bem para a competição. Fez a melhor campanha na fase inicial, com 32 pontos – nove vitórias, cinco empates e apenas uma derrota. Depois eliminou o Primavera nas quartas e agora espera passar pelo Rio Claro nas semifinais. A diretoria acredita que mais de 10 mil torcedores estarão no Canindé. A carga total é de 15 mil e cinco já foram vencidos.

O técnico Sérgio Soares parece saber o caminho para o acesso.

“Manter a mesma seriedade demonstrada até agora” diz o ex-volante da própria Lusa que tem como auxiliar o ex-zagueiro Eduardo e tem como gerente de futebol o também ex-zagueiro Toninho Cecílio.

O Rio Claro, dirigido por Alberto Felix, ex-meia do Bragantino nos anos 90, é considerado azarão. Só chegou às quartas na última rodada após uma combinação de resultados.

ecsb 70 e1649466293902
São Bento em alta na reta final. Neto Bonvino/ECSB

BARUERI QUENTE
Mais quente ainda promete ser a disputa pela outra vaga. Oeste e São Bento vão jogar na Arena Barueri no jogo de volta, depois de um empate eletrizante por 2 a 2 em Sorocaba. Não há favorito.

O Oeste fez a segunda melhor campanha na fase inicial, mas o São Bento é um time experiente e tem no comando Paulo Roberto Santos, conhecido como “Rei do Acesso” no interior.

“Tudo pode acontecer, mas espero que seja favorável para a gente” – previu o técnico.

CONFIRA OS JOGOS DE VOLTA DAS SEMIFINAIS:

Confira também: