Paraense: Remo esquece registro e perde volante para time do Paulistão

Remo perdeu Lucas Siqueira de graça por bobeira interna

Categorias: Futebol Brasil

Por: Agência Futebol Interior, 03/01/2022

LucasSiqueira Remo 2022
Lucas Siqueira assinou com o Ituano até o final da Série B

Belém, PA, 03 (AFI) – Em meio a uma temporada que culminou com o rebaixamento na Série B do Campeonato Brasileiro, o Remo também viu o volante Lucas Siqueira deixar o Baenão e acertar com o Ituano para a temporada 2022. O jogador foi um dos poucos destaques do time no ano passado.

Lucas tinha contrato com o Remo até o final de dezembro de 2021 e ficou livre para assinar com o time paulista. Contudo, o jogador foi pego de surpresa com tal situação, pois no início de 2021 o jogador tinha recebido proposta para estender seu contrato até o final de 2022 com o time paraense, o que a princípio estava tudo certo.

Acontece que o Remo não gerou o documento federativo para registrar o novo contrato na Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e só foi perceber quando Lucas Siqueira questionou o ocorrido, já em dezembro do ano passado. Tarde demais, pois o jogador já havia sido procurado e gostado da proposta do Ituano.

O Remo tinha a obrigação de registrar o novo vínculo com o volante na CBF – dever de todos os clubes – , o que não aconteceu, tornando qualquer documento que ele tenha assinado nulo, sem qualquer validade jurídica.

Livre no mercado, o Ituano registrou o jogador sem qualquer empecilho, tanto é que ele já se apresentou em Itu para iniciar os treinamentos com o restante do elenco.

Aliás, a contratação de Lucas foi um pedido do técnico Mazola Júnior, com quem trabalhou na Série C de 2020.

Confira também: