Verdão perde até pênalti e Felipão começa mal

Não deu ainda para perceber o dedo do Felipão na esquematização tática do Palmeiras. É preciso dar tempo a ele.

por SÉRGIO CARVALHO - - - Campinas

FELIPÃO foi mal na estreia. Seu time, o Palmeiras, só empatou com o América lá em Belo Horizonte. Verdão perdeu até pênalti. Aos 23 minutos, Moisés foi derrubado, e o juiz do jogo deu pênalti. Jean incumbiu-se da cobrança.

Chutou fraco, no canto direito do goleiro da equipe mineira, que se adiantou um pouco e apenas rebateu para o mesmo lado. Uma decepção. Não fosse por isso e talvez o Palmeiras tivesse vencido o jogo e se aproximado um pouco mais dos primeiros lugares do Brasileiro.

* NÃO DEU ainda para perceber o dedo do Felipão na esquematização tática do Palmeiras. Afinal, ele chegou dois dias atrás, e nem pode dar um treino decente para seus jogadores. Em razão disso, o fato do Palmeiras só ter empatado com adversário teoricamente mais fraco, não abala o prestigio do veterano treinador.

Detalhe. Felipão colocou em campo um time bem desfalcado em relação aquele que é considerado o titular do Palmeiras. Ideia foi preservar jogadores para jogo da Libertadores.

* FORAM poucos os destaques do jogo América MG 0 x Palmeiras 0. Pelo lado Verde, destaque maior para Lucas Lima, que, aos poucos, começa a voltar a sua melhor forma. O goleiro Weverton, o meia Moisés e o centroavante Borja jogaram um bom futebol.

No time da casa destacaram-se o goleiro João Ricardo, que defendeu pênalti, o volante Donizete e o meia Messias. Ruy, atacante, merece destaque especial. Deu muito trabalho a defesa palmeirense. Empate foi um resultado justo.

TIMÃO EMPATA EM ITAQUERA
* CORINTHIANS jogou em casa no sábado à noite mas não conseguiu vencer o Atlético-PR dentro do Itaquerão. Placar final, 0 a 0. Para o time de Oscar Loss, um péssimo resultado. Para o Furacão paranaense, o ponto conquistado pode ajudá-lo a sair antes do esperado do Z4.

Atlético jogou melhor que o Corinthians e, ao contrário de jogos anteriores, Romero dessa vez não decidiu. Cássio fez brilhantes defesas e foi a prova da superioridade técnica do Furacão. Jogo tecnicamente fraco.

* NO TIME da fiel só Cássio produziu o futebol esperado. Pedrinho foi discreto. Os demais oscilaram durante todo o jogo. Na defesa Henrique cometeu erros que não costuma cometer. No meio campo, Jadson não teve criatividade necessária para criar situações de gol e no ataque a decepção foi Romero.

Público também decepcionou. 28.662 corintianos estiveram no estádio. Loss poupou Fagner, Gabriel e Danilo Avelar. Mudanças visaram time mais forte quarta contra o Colo Colo pela Libertadores.

* O ATLÉTICO PR teve vários jogadores que produziram excelente futebol. Casos do goleiro Santos, do zagueiro Léo Pereira e do meio campista Cirino. Além disso, o Furacão mostrou bom toque de bola e criou ótimas situações de gol. Falha esteve nas conclusões.

Pelo que pude observar, o Furacão está a caminho para deixar o Z4. Está jogando futebol suficiente para tanto. Quanto ao Corinthians, acho que seu time não briga pelo título brasileiro. Falta qualidade e competência ao time atual.

PEIXE SÓ EMPATA
* SANTOS empatou com o Botafogo no sábado no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro. Partida foi muito ruim em todos os sentidos. Os dois times estão em péssima fase e não conseguiram produzir um futebol que pudesse agradar suas torcidas. O resultado, por isso mesmo, foi justo.

Nem Santos, nem Botafogo mereciam vencer. Com o resultado, Cuca chegou ao seu segundo jogo sem vitória no comando do Peixe. Normal, pois ele costuma mesmo perder jogos nos clubes que passa a dirigir.

* NÃO houve destaques neste jogo. Mas houve quem não jogasse nada. Exemplo disso é o atacante Gabigol, que custou caro para o Santos, exigiu jogar com a camisa 10 que foi de Pelé e, até agora, não justificou tanto dinheiro nem tantas exigências.

Na verdade ele merecia é ir para o banco de reservas o que, certamente vai definir num dos próximos jogos do Santos. Também negou fogo o atacante Bruno Henrique. Esteve dispersivo. Victor Ferraz foi o que mostrou um pouco mais de disposição.

* O BOTAFOGO também dispensou seu técnico e no jogo de sábado foi dirigido por um interino, que é filho de Sebastião Lazaroni, que dirigiu o Brasil na Copa de 90 na Itália. Mas a diretoria botafoguense já contratou um novo treinador.

Falamos de Zé Ricardo, que já dirigiu o Flamengo e o Vasco da Gama no futebol do Rio de Janeiro. Eu o considero um bom técnico. Acho que vai arrumar o time do Botafogo. Quanto ao Cuca, vale à pena esperar. Logo ele acerta o Santos e o time volta a ganhar

* CLASSIFICAÇÃO da Série A do Brasileirão 2018. São Paulo é o líder com 35 pontos ganhos. Flamengo é vice com 34. Grêmio, 30. Internacional, 29. Atlético MG e Palmeiras, 27. Corinthians, 26. Cruzeiro, 25. Fluminense, 22. Botafogo e América MG, 21. Sport, 20. Vasco da Gama e Vitória, 19. Bahia e Chapecoense, 18. Santos, 17. Atlético PR e Ceará, 14.Paraná, 13.

SÉRIE B EQUILIBRADA
* O CAMPEONATO Brasileiro da Série B teve sequência na última semana. Os resultados: Figueirense 0x CRB 0, Atlético GO 1 x Paysandu 0, Londrina 1 x Guarani 2, Oeste 1 x Boa Esporte 1, Brasil de Pelotas 1 x Goiás 0, CSA 1 x Juventude 0, Vila Nova 1 x São Bento 0, Fortaleza 2 x Coritiba 1, Ponte Preta 2 x Avaí 2 e Sampaio Correa 0 x 1 Criciúma . Esta foi a décima nona rodada da competição, a última do primeiro turno. A partir da próxima rodada já será o segundo turno com 19 jogos.

* A CLASSIFICAÇÃO depois dos jogos da semana passada ficou assim. O Fortaleza é o líder com 37 pontos ganhos. Excelente campanha do time dirigido por Rogério Ceni. É mesmo a melhor equipe do campeonato e a favorita para ganhar o título da temporada.

Em seguida vem o CSA com 34. Vila Nova e Atlético GO - 30. Guarani, Avaí e Figueirense, 29. Coritiba, 28. Goiás, 27 Ponte Preta, 26. Paysandu, São Bento e Juventude, 24. Criciúma e Oeste, 23. Brasil de Pelotas, Londrina e CRB, 21

* OS DOIS últimos colocados da Série B são Sampaio Correa com 16 e Boa Esporte com 14 pontos ganhos. São sérios candidatos ao rebaixamento, mesmo considerando-se que ainda faltam dezenove rodadas para o campeonato terminar.

Nesse momento Fortaleza, CSA, Vila Nova e Atlético-GO são os quatro clubes que estariam na série A em 2019. Já os que seriam rebaixados são Londrina, CRB, Sampaio Correa e Boa Esporte. Lógico que tudo isso pode mudar. Todos podem se recuperar.

* GUARANI e Fortaleza fazem o melhor jogo da vigésima rodada da série B, sábado que vem, em Campinas. Será um grande jogo que certamente terá estádio cheio. Se vencer, Bugre entra no G4.

Confiram aqui a rodada desta semana: Terça-feira, Paysandu x Ponte Preta e Avaí x Vila Nova. Sexta feira, Goiás x CSA, Boa Esporte x Londrina e Coritiba x Sampaio Correa. Sábado - Além de Guarani e Fortaleza jogam São Bento x Brasil, Criciúma x Atlético GO, CRB x Oeste e Juventude x Figueirense.

LIBERTADORES E SUL-AMERICANA
* A COPA Libertadores de América volta a campo neste meio de semana. Já nesta terça feira jogam Estudiantes de La Plata e Grêmio, na Argentina. Na quarta será a vez do Corinthians jogar. Pega o Colo Colo, em Santiago do Chile.

Grêmio é força na Libertadores pelo Brasil
Grêmio é força na Libertadores pelo Brasil

Nesse mesmo dia jogam Flamengo e Cruzeiro, no Rio de Janeiro e Boca Juniors x Libertad. Na quinta, o Racing recebe o River Plate, num clássico argentino e o Cerro Porteno enfrenta o Palmeiras, em seu estádio. Completam a rodada, Tucuman x Atlético Nacional.

*A SUL AMERICANA também terá sequência neste meio de semana com participação de três clubes brasileiros.

Nesta terça jogam Peñarol x Atlético PR, em Montevideu. Na quarta, o Cerro Porteno recebe o Bahia e na quinta feira o Vasco da Gama enfrenta a LDU, em São Januário, Rio de Janeiro. Serão jogos de volta.

Na ida,o Atlético venceu o Peñarol por 2 a 0, O Bahia bateu no Cerro por 2 a 0 e o Vasco da Gama perdeu para a LDU por 3 a 1. Em tese, Furacão e Bahia devem se classificar.

SÉRGIO CARVALHO - -
Sérgio Carvalho é um dos ícones do jornalismo esportivo brasileiro. Sua coluna ganhou mais de cincoenta prêmios durante o período em que foi publicada pelo Diário de São Paulo (antigo Diário Popular) durante mais de vinte anos. Hoje é um dos pontos de referência entre os colunistas do Futebol In
Veja perfil completo
Veja todos