Opinião Sérgio Carvalho: Mengão perde e título fica mais difícil

Flamengo precisa vencer por dois gols de diferença no Maracanã para ficar com o título

por SÉRGIO CARVALHO - Campinas

No jogo disputado em Buenos Aires, na última quarta feira, à noite, pelas finais da Copa Sul Americana, o Independiente saiu na frente. Fez 2 a 1 diante do Flamengo e agora só precisa de um empate no Maracanã, na próxima quarta feira, para conquistar o título da competição. Já o rubro negro carioca vai precisa de uma vitória por 2 gols se quiser transformar em realidade o sonho de ganhar mais um título internacional.

O resultado desta quarta feira foi justo. O Independiente só titubeou no começo da partida quando permitiu ao Flamengo marcar um gol através Rever, de cabeça, logo aos oito minutos de partida. A partir daí, houve uma representativa reação do time argentino, que mandou no jogo, virou o placar e teve até chances de ampliar o placar final.

Ficou evidente a qualidade técnica do Independiente que é um time bem preparado, co m muita velocidade no ataque e um toque de bola primoroso. O Flamengo, por sua vez, teve altos e baixos durante a partida, e mostrou ser tecnicamente inferior à equipe argentina.

No jogo da próxima quarta feira o Independiente só precisa de um empate para ser campeão. O Flamengo precisa vencer por 2 a 0. Se o time argentino fizer um gol, ficará ainda mais difícil do Flamengo reagir. Caso o resultado da partida do Maracanã favoreça o rubro negro carioca por apenas um gol, a partida irá para a prorrogação. Se ainda assim o empate prevalecer, a decisão do título será na cobrança de pênaltis.

A princípio, considero o Independiente favorito. Mas em casa, apoiado por sua fanática torcida, o Flamengo tem condições de dar a virada e conquistar o título. Vamos aguardar e depois ver no que dá!!

CURTAS

*O BRASILEIRÃO da série A terminou. Um campeonato que não teve bom nível técnico. O futebol exibido pelos vinte clubes participantes não deixou ninguém entusiasmado. Ficou evidente que nesse quesito o futebol do Brasil está em fase bem inferior ao europeu. A diferença é brutal. Valeu mais a força que a técnica.

*O CAMPEÃO não foi o que mais empolgou pelo seu futebol. Empolgou pela aplicação de seus jogadores, pelo excelente esquema tático criado pelo técnico Fábio Carille e pela competência de alguns jogadores que se superaram. Casos de Cássio, Balbuena, Arana, Rodriguinho e Jô. Eles foram os destaques do time que levantou a taça.

*CURIOSA foi a colocação de três grandes clubes do futebol paulista. Corinthians em primeiro, Palmeiras em segundo, Santos em terceiro. Prova de que, apesar dos pesares, o futebol de São Paulo ainda é o melhor do País. Grêmio e Cruzeiro também merecem aplausos porque ganharam a Copa Libertadores e a Copa do Brasil.

*FIASCO foi o Atlético Goianiense. Do começo ao fim do campeonato esteve sempre entre os últimos colocados. Time mais dirigido, mal preparado, com jogadores limitados. Em compensação o São Paulo, que esteve muito perto de ser rebaixado, merece destaque pela sua brilhante reação. Foi um dos melhores do 2ª turno.

*POR FALAR no São Paulo faço dois destaques do clube do Morumbi, O primeiro para sua enorme e fanática torcida. Quando o time começou a embicar para o rebaixamento, os seus torcedores se uniram e acompanharam e apoiaram os jogadores até o último jogo. Foram recordes e recordes de presença de público.

*NO ÚLTIMO jogo, que praticamente nada valia, nada menos do que 60 mil torcedores foram ao Morumbi para ver São Paulo e Bahia. Maior público de todo o campeonato. E num jogo, como dissemos, que não valia nada. O outro destaque é para Hernanes, um cracaço de bola. Prá mim, o maior do campeonato. Jogou demais da conta.

*ALIÁS, não tenho medo de afirmar que se Hernanes não tivesse sido contratado, o São Paulo cairia. Hernanes só não fez chover. Marcou gols incríveis de todas as maneiras. Comandou o time dentro e fora dos gramados. Mostrou uma conpetência, uma liderança e uma técnica muito acima da média. Merecer ir a próxima Copa.

*POR FALAR em talentos, vamos apresentar aqui a nossa seleção do Campeonato. Cássio é o goleiro, Jogou demais e foi fundamental para o Corinthians ter a defesa menos vazada. Nas laterais, Fagner e Arana, ambos do Corinthians. No miolo de zaga, Balbuena, que também jogou muito. Essa a constituição da defesa titular.

*NO MEIO campo colocaria Arthur, do Grêmio, Moisés, do Palmeiras, Hernanes, do São Paulo e Rodriguinho, do Corinthians. Todos jogaram muita bola. Arthur é uma fantástica revelação do Grêmio, Rodriguinho cria e faz gols. Fez ótimo campeonato. De Hernanes eu já falei. De Moisés diria que foi o cérebro do Palmeiras vice campeão.

*NA DUPLA de ataque escalaria Bruno Henrique, do Santos e Jô, do Corinthians. O jovem atacante santista é fera. Dribla, cria, faz passes medidos e muitos gols. Um atacante completo. Ajudou o Santos a ser um dos melhores times do campeonato. Quanto a Jô não precisa dizer muito. Foi o grande artilheiro do Brasleirão 2017.

*COMO técnico dessa seleção indico Fabio Carille. No seu primeiro ano de trabalho profissional, foi campeão paulista e campeão brasileiro. Sem deixar dúvidas. E sem contar com um elenco de excelente nível. Ele soube aproveitar o que tinha e montou um time equilibrado, raçudo e objetivo. Carille é hoje o técnico revelação do Brasil.

*TINHA intenção de escalar o melhor árbitro. Mas não é possível. O nível das arbitragens no Brasileirão foi péssimo. Árbitros cometeram erros incrÍveis. Não vou acusar ninguém de desonesto. Mas digo, sem medo de errar, que a maioria dos apitadores escalados pela CBF são de péssimo nível técnico. Não sabem nada de apito.

*FAÇO ainda uma citação especial a Jô, centro avante do Corinthians. Foi um dos artilheiros do campeonato. Conquistou muitos pontos para o alvinegro com seus gols. Ele, que tinha se transformado num verdadeiro bebum, deu a volta por cima e terminou o campeonato como um dos melhores jogadores da temporada. Merece aplausos.

*O AL JAZIRA, dos Emirados Arabes, venceu na tarde desta quarta feira ao Auckland da Nova Zelândia, por 1 a 0, gol de Romarinho e classificou-se para as quartas de final do Mundial Inter clubes que vem sendo disputado nos Emirados. Agora o Al Jazira vai enfrentar o Urawa Reds neste sábado à partir das 14h30. Não há favorito.

*TAMBÉM no sábado jogam Pachuca, do México e Wydad, as 11 horas da manhã. Em tese, o time mexicano é o favorito. As semifinais deste mundial serão disputadas nas próximas terça e quarta feiras. Na terça, as 15 horas, Grêmio x Pachuca ou WYD. Na quarta, também as 15 horas, Real Madrid x Vencedor de Urawa e CAV.

*A GRANDE final deste campeonato será disputada no sábado, dia 16 de dezembro, a partir das 15 horas. A expectativa é a de que neste jogo decisivo estejam presentes Grêmio Porto Alegrense e Real Madrid. Seria uma grande final com um representante do futebol brasileiro e outro do futebol europeu. Se isso acontecer, o Real é favorito.

*O SÃO PAULO deve ter o ex jogador Raí como novo diretor do departamento de futebol do clube. O presidente Leco fez o convite e Raí parece bem inclinado a aceitar. Seria um bom reforço diretivo para o tricolor, que neste ano de 2017 esteve seriamente ameaçado pelo rebaixamento justamente pela falta de qualidade de sua diretoria.

*DEPOIS de sua saída do Corinthians, o quarto zagueiro Pablo vem tendo uma série de convite e nas próximas horas pode assinar com um dos clubes que o procuraram. O último convite foi feito pelo Atlético Mineiro e Pablo ficou impressionado com as condições que lhe foram oferecidas. O Palmeiras também tem interesse em contrata-lo.

SÉRGIO CARVALHO
Sérgio Carvalho é um dos ícones do jornalismo esportivo brasileiro. Sua coluna ganhou mais de cincoenta prêmios durante o período em que foi publicada pelo Diário de São Paulo (antigo Diário Popular) durante mais de vinte anos. Hoje é um dos pontos de referência entre os colunistas do Futebol Interi
Veja perfil completo
Veja todos