O 'Vale Tudo' de Tim Maia também chegou à Ponte Preta

Treinador Fábio Moreno é mantido no clube

por ARIOVALDO IZAC - - - Campinas

Em 1982, o saudoso intérprete Tim Maia sacudiu as discotecas dançantes do país com a música Vale Tudo, que fala em 'vale o que vier, vale o que quiser; só não vale dançar homem com homem, nem mulher com mulher. O resto vale'.

Pois 39 anos depois incorporaram pra valer esse Vale Tudo cantado por Tim Maia.

Vale o maior ladrão da América do Sul ser praticamente inocentado de seus crimes.

Vale desconsiderar as provas que implicaram na condenação do ladrão, assim como vale suspeitar do juiz que, com base nas provas, aplicou a sentença ao ladrão.

Vale parcela considerável da mídia indisfarçavelmente mostrar tendência partidária, desconsiderando o juramento na coroação do diploma de falar apenas a verdade, somente a verdade.

ARCANJO

Treinador Fábio Moreno
Treinador Fábio Moreno

No Vale Tudo de Tim Maia, vale parcela da mídia que, embora não discorde que o time da Ponte esteja decepcionando, que o treinador Fábio Moreno tem errado bastante, ainda defende a permanência dele sem argumentos sólidos.

Claro que o presidente da Ponte Preta, Sebastião Arcanjo, também se insere neste Vale Tudo, e arrisca-se dar murro em ponta de faça, pra não dar o braço a torcer aos clamores de troca no comando técnico.

Assim, quer mostrar que é diferente, que não se deixa influenciar por pressão de torcedores que pedem a demissão de Fábio Moreno.

Resta saber se seria decisão exclusivamente dele, ou tem gente por trás o influenciando?

E A SÉRIE B?

Não preciso me estender sobre motivos mais de que justificáveis para mudança na comissão técnica de que aqueles elencados com sabedoria pelo parceiro Tio Lei.

Se é que cabe um lembrete ao senhor Arcanjo, a Série B do Campeonato Brasileiro vai começar antes do final deste mês, que se inicia neste sábado.

O senhor vai deixar o tempo passar pra que o novo treinador seja tolhido no projeto de planejamento?

Tudo bem que o senhor não é da bola, mas cadê a sensibilidade mínima para entender que o próximo treinador precisa reciclar o elenco, na inadiável operação quem sai e quem fica?

Espera-se que o senhor saiba aquilo que esteja fazendo.

RECOMEÇO

Num gesto até de grandeza, o recomendável seria Moreno entregar o cargo e acreditar que a vida de treinador tem recomeço sim em outra agremiação.

Por bem menos que isso o também novato na função, Thiago Carpini, 'apanhou' um pouco ao se desligar do Guarani, mas está se reencontrando na Inter de Limeira.

ARIOVALDO IZAC - -
Jornalista esportivo há 35 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.
Veja perfil completo
Veja todos