Náutico-PE Vasco
Náutico 2 x 3 Vasco - Timbu esquece uniforme em noite de vitória e vice-liderança do Vascão

Em um jogo com muitos acontecimentos, o time carioca acabou conquistando os três pontos

Categorias: Grandes clubes do Brasil

Por: Agência Futebol Interior, 07/06/2022

Captura de Tela 2022 06 07 as 21.29.42

Recife, PE, 07 (AFI) – Único invicto da Série B do Campeonato Brasileiro, o Vasco assumiu a vice-liderança ao derrotar o Náutico por 3 a 2, na noite desta terça-feira, no Arruda, pela 11ª rodada, em jogo que começou 15 minutos depois, pois o time pernambucano esqueceu o novo uniforme.

Com o resultado, o Vasco chegou aos 21 pontos, atrás apenas do Cruzeiro, com 25. No entanto, Bahia, com 19, e Sport, com 18, ainda jogam na rodada. O Náutico, por outro lado, voltou a ficar próximo da zona de rebaixamento, com 12.

LOUCURA!

O jogo atrasou 15 minutos para iniciar, pois o Náutico estava sem seu novo uniforme. As camisas chegaram de moto ao estádio do Arruda, que recebeu o duelo, pois o Aflitos foi castigado pelas fortes chuvas que estão caindo na capital pernambucana.

Em campo, outro fato curioso. O jogo chegou a ser paralisado para o atendimento de um torcedor, que passou mal e precisou deixar o estádio de ambulância. A partida, inclusive, continuou sem uma equipe médica.

Anormal também foi o gol de Figueiredo. O atacante do Vasco cobrou uma falta no meio da rua e mandou no ângulo do goleiro Lucas Perri. O gol quebrou um jogo muito pragmático. Apesar do domínio, o time carioca não conseguiu criar oportunidades, com exceção da bola parada.

No entanto, as crias do Vasco resolveram brilhar. Andrey Santos fez bela jogada, deu uma caneta no adversário, tabelou com Nenê e fez 2 a a 0, impedindo que o Náutico reagisse ainda no primeiro tempo.

Captura de Tela 2022 06 07 as 21.29.42
Vasco derrota o Náutico no Arruda

JOGÃO

Na segunda etapa, o Vasco continuou pressionando. Getúlio quase fez um golaço, mas na hora de chutar, jogou em cima de Lucas Perri.  Logo na sequência, Figueiredo chegou a marcar, mas, após checagem do VAR, o gol acabou sendo anulado pela arbitragem.

O Náutico, então, cresceu, e diminuiu aos 23 minutos, com Thássio. O lateral pegou a sobra para colocar a equipe pernambucana de volta no jogo. O Vasco, no entanto, respondeu aos 31, Andrey Santos acionou Figueiredo, que ajeitou para Nenê. O meia bateu com categoria para fazer 3 a 1. Em vantagem, o time carioca foi administrando o resultado, mas deu espaço para o rival reagir.

Aos 54 minutos, o árbitro usou o VAR para assinar um pênalti sofrido por Victor Ferraz. Jean Carlos cobrou e marcou, mas não conseguiu impedir a derrota do time pernambucano.

PRÓXIMOS JOGOS

Na próxima rodada, o Náutico enfrenta o Sampaio Corrêa na sexta-feira, às 19h, no estádio Castelão, em São Luís (MA). No domingo, o Vasco recebe o Cruzeiro, às 16h, no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

FICHA TÉCNICA

Náutico-PE
Náutico-PE
2 3
Vasco
Vasco
Fase Fase:
Única
Fase Rodada:
11ª rodada
Fase Data:
07/06/2022
Fase Hora:
7:00 pm
Fase Arbitro:
Flavio Rodrigues de Souza (SP)
Fase Assistentes:
Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP) e Gustavo Rodrigues de Oliveira (SP)
Fase Estádio:
Arruda
Fase Público:
6.104 pagantes
Fase Endereço:
Recife (PE)
Fase Renda:
R$ 108.582,00
Fase Cartões Amarelos:
Náutico: Jean Carlos, Richard Franco e Victor Ferraz
Vasco: Andrey Santos, Edimar e Figueiredo
Fase GOLS:
Náutico: Thássio 23’/2T e Jean Carlos 54’/2T
Vasco: Figueiredo 27’/1T, Andrey 42’1T e Nenê 31’/2T

Confira também: