GAÚCHO: Internacional assume a ponta pelo saldo de gols

O novo líder é o Internacional que tem os mesmos 16 pontos do rival Grêmio, porém, leva vantagem no saldo de gols: 8 a 7. Veja balanço da 7.ª rodada.

Os dois técnicos discutiram feio e ambos foram expulsos e o jogo fico paralisado por seis minutos ainda no primeiro tempo.

Gaúcho - São José x Internacional
China Balbino foi segurado para não pegar Coudet. Foto: Reprodução Premiere


Porto Alegre, RS, 11 (AFI) – O Internacional aproveitou o descuido do Grêmio e assumiu a liderança do Campeonato Gaúcho ao vencer por 1 a 0 o São José, neste domingo, no estádio Passo d’Areia, em Porto Alegre (RS), pela sétima rodada. Os dois rivais têm os mesmos seis pontos, porém, o Colorado leva uma pequena vantagem no saldo de gols: 8 a 7. No sábado, o Grêmio empatou em casa, por 1 a 1, com o São Luiz.

A derrota derrubou o time da casa, chamado de Zequinha, fora do G-8, zona de classificação, com sete pontos, em nono lugar. O jogo foi disputado em ritmo de treino, mesmo porque o Internacional usou seus reservas. Antes do início houve uma polêmica pelo gramado sintético e no primeiro tempo uma discussão entre os bancos de reservas paralisou o jogo por seis minutos. O gol da vitória saiu num pênalti cobrado por Carlos de Pena, na etapa final.

OUTROS JOGOS E CLASSIFICAÇÃO
Ainda no domingo, foram disputados mais dois jogos, que fecharam a sétima rodada. À tarde, em Pelotas, empataram por 1 a 1 Brasil e Guarany de Bagé, com sete pontos, em 10.º, e tentando fugir da ameaça de rebaixamento, que tem neste momento o Ypiranga, com seis, e o Santa Cruz, com dois e na lanterna.

À noite, o Caxias, no Estádio Centenário, venceu por 2 a 1 o Santa Cruz, ficando em quinto lugar, com nove pontos. O Brasil tem 10, em quarto, atrás do Juventude (13) e da dupla Gre-Nal. Fecham o G-8 – zona de classificação – o Nova Hamburgo, com 9, São Luiz, 8, e Avenida, 7.

CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO GERAL!


SINTÉTICO VIRA POLÊMICA
O que voltou à discussão foi a disputa de um jogo num gramado sintético, apontado por muitos como causador de lesões. O próprio técnico colorado, Eduardo Coudet, ressaltou a preocupação, mas foi respondido pelo executivo do São José, Nilton Batista. “A borracha preta que vemos na parte da superfície, realmente, deixa o gramado feio, mas não temos recebido reclamações de jogadores pela qualidade do piso. Quem sempre reclama são os técnicos e dirigentes…”, cutucou Batista.

Em campo, o Internacional, de novo, usou um time reserva que, por si só, já tirou a responsabilidade e compromisso do time pela vitória. Para piorar, o clube optou por usar seu uniforme número três em tom cinza e com detalhes em verde, que fica bem longe das tradicionais cores vermelho e branco do Colorado. Todo este cenário transformou o jogo como se fosse um treino. O São José criou uma chance num contra-ataque, quando Renê tentou encobrir o goleiro Anthoni, mas a bola subiu muito e acabou indo para fora, aos 31 minutos.

TÉCNICOS EXPULSOS
Em seguida, o que roubou a cena foi uma discussão entre os bancos de reservas, que resultou nas expulsões dos dois técnicos. Eduardo Coudet deixou o gramado sobre as ameaças de um transtornado China Balbino, comandante do time da casa. Ele alegou ter sido ofendido com um palavrão por Coudet. Tudo começou por reclamação de Coudet pela falta de fair-play por parte do adversário. Por conta da confusão, o jogo ficou paralisado por seis minutos.

O Internacional tinha tido maior posse de bola no primeiro tempo, porém, sem finalizar. E repetiu a dose no início do segundo, tentando ser mais eficiente nas finalizações. O gol saiu num pênalti, marcado após o cruzamento de Gustavo prado e um toque no braço de Nonato. Na cobrança, Carlos de Pena chutou bem no canto esquerdo do goleiro Fábio. O meia, que tenta se firmar como titular, vibrou muito na comemoração do gol, aos 20 minutos.

Depois disso, o Internacional não se esforçou muito para marcar mais gols, enquanto o São José não teve capacidade técnica para, pelo menos, buscar o empate e evitar a derrota. Nos acréscimos, O Inter ainda perdeu Luiz Adriano, expulso após dar um chute de leve em Fredson, após uma dividida.

COLORADO NO BEIRA-RIO
O Internacional tinha tido maior posse de bola no primeiro tempo, porém, sem finalizar. E repetiu a dose no início do segundo, tentando ser mais eficiente nas finalizações. O Internacional volta a campo na quarta-feira, dia 14, às 21h30, no Beira-Rio diante do Brasil, de Pelotas. O são José vai enfrentar o Caxias, no estádio Centenário, na quinta-feira, às 20h.

CONFIRA OS RESULTADOS DA 7.ª RODADA:

FINALIZADO
unnamed file 181
Novo Hamburgo-RS
1 1
unnamed file 79
Juventude
FINALIZADO
unnamed file 190
Brasil-RS
1 1
unnamed file 183
Guarany Bagé-RS
FINALIZADO
unnamed file 599
Avenida
2 0
ypiranga
Ypiranga-RS
FINALIZADO
unnamed file 128
Caxias-RS
2 1
unnamed file 189
Santa Cruz-RS
PÓS-JOGO
unnamed file 90
Grêmio
1 1
unnamed file 188
São Luiz-RS
FINALIZADO
unnamed file 98
São José-RS
0 1
unnamed file 69
Internacional

Confira também: