Copa: Dunga diz que estrelas do Milan tiveram suas chances

por Teste

Londres, ING, 2 (AFI) - Dunga praticamente enterrou as chances de Ronaldinho Gaúcho e Alexandre Pato defenderem a Seleção Brasileira na Copa do Mundo da África do Sul. Em entrevista após a vitória sobre a Irlanda por 2 a 0, na Inglaterra, nesta terça-feira, o treinador deu a entender que os dois jogadores do Milan não souberam aproveitar quando tiveram suas chances.

Confira:
Brasil vence amistoso na Inglaterra

"Cada um teve sua chance na seleção brasileira, a decisão agora fica para a comissão técnica. O Pato teve sua chance na Olimpíada de Pequim, o Ronaldinho também. Agora, decidiremos avaliando aquilo que eles fizeram na seleção", afirmou Dunga.

Fracassos nas Olimpíadas
Durante a competição de 2008, a seleção brasileira teve atuação pouco inspirada e ficou apenas com o bronze, depois de ser atropelada na semifinal pela Argentina por 3 a 0. Uma das principais promessas da equipe, Pato acabou no banco de reservas. Ronaldinho também sempre teve atuações discretas.

Mesmo que a dupla tenha voltado a brilhar nesta temporada, Dunga deixou claro que importa a ele a postura demonstrada na seleção.

"Quero que o jogador venha e demonstre postura. Não precisa jogar tudo que sabe na primeira convocação, mas ele precisa dessa postura", avaliou o treinador. "Precisa analisar o comprometimento com a seleção, o entusiasmo, a paixão em vestir a camisa do Brasil", acrescentou.

Elogios a Michel Bastos
Dunga ainda elogiou a atuação de Michael Bastos nesta terça-feira e deu pistas de que a vaga na lateral-esquerda, única ainda possivelmente aberta na seleção, já tem seu dono.

"O Michael Bastos começou bem e está se soltando cada vez mais. Hoje (terça-feira) ele teve boa atuação", completou.