Atacante do Paraguai é liberado de clínica de reabilitação

por Teste

Campinas, SP, 23 (AFI) - O atacante paraguaio Salvador Cabañas deixou neste domingo a clínica de reabilitação Fleni, em Buenos Aires, onde se recuperava de um tiro levado na cabeça em janeiro, no México, quando atuava pelo América.

Veja também:
Fernandão comemora o primeiro gol com a camisa do Sampa


Na cirurgia a qual o jogador foi submetida, os neurologistas optaram por deixa o projétil na cabeça no atacante para evitar complicações durante a operação. O médico contratado pela Associação Paraguaia de Futebol para acompanhar o caso, Celso Feltes, afirmou que futuramente se deva tomar a decisão de retirar a bala alojada no crânio.

Cabañas residirá juntamente com seus pais e esposa aos arredores da Clínica Fleni para passar por exames periodicamente. Afastado do futebol, o jogador, que era presença certa na seleção paraguaia na Copa do Mundo, não disputará o Mundial da África do Sul. Ainda não há uma definição em relação ao futuro de Cabañas no esporte. O atacante está com um problema na visão que poderá dificultar o seu retorno aos gramados.

Sem Cabañas, o treinador Gerardo Martino convocou o argentino Lucas Barrios, que obteve recentemente a cidadania paraguaia. O jogador de 25 anos, que está no Borussia Dortmund, marcou 18 gols no último Campeonato Alemão.