Técnico do XV fala da final, arbitragem e muito mais... Veja a coletiva!

O Nhô Quim faz a final da Copa Paulista diante do São Caetano, neste sábado, no Barão de Serra Negra

por Agência Futebol Interior

Piracicaba, SP, 08 (AFI) - O técnico Tarcísio Pugliese concedeu entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira no estádio Barão de Serra Negra, em véspera da decisão da Copa Paulista entre XV de Piracicaba e São Caetano. O duelo será neste sábado, às 18h.

O treinador fez uma análise de sua equipe, falou o que espera do São Caetano e apontou o crescimento do XV na temporada, após cair na semifinal do Campeonato Paulista da Série A2. Ele ainda enalteceu a torcida - expectativa é de 16 mil torcedores no Barão - e pontuou a importância de conquistar o título para a equipe voltar a ter uma calendário nacional.

Confira os principais pontos da entrevista de Tarcísio Pugliese

MOMENTO DO XV

"Momento fantástico. Vamos fazer o possível e o impossível para conquistar esse título. Sabemos da importância dessa vaga na Série D para ter um calendário, uma expectativa de acesso. Momento muito especial. Jogamos o ano inteiro muito bem. Sempre brigamos pelo topo da tabela em todas as competições. Só coisa boa em Piracicaba neste ano."

SÃO CAETANO

"São Caetano tem um time muito forte, competitivo. Tem uma equipe experiente, de muita qualidade. Eles tem uma defesa muito bem preparada, laterais que gostam de subir ao ataque e um atacante muito eficiente. Mas acredito muito na nossa equipe."

AUSÊNCIA DE KADU BARONE

"Gostaríamos de poder contar com todos os atletas. O Kadu é o jogador mais regular no ano. Junto com Luiz Fernando, mais atuou na Copa Paulista. Faz falta. O ideal é que ele tivesse em campo. Mas temos ótimas opções. Tanto Luizinho, quanto Salles têm entrado bem. Independente de quem comece, vamos manter uma equipe muito forte."

REGULARIDADE

"O fato da gente ter um ano regular é bastante positivo. Desta forma, temos tranquilidade. Não foi um time irregular. Perdemos apenas três jogos com a equipe completa. Portuguesa Santista, Água Santa (Paulista A2) e Mirassol (Copa Paulista). Nos jogos que não precisamos ganhar, a gente não tem vencido. Mas precisamos vencer amanhã."

XV de Piracicaba disputa o título contra o São Caetano - Elcio Fabretti
XV de Piracicaba disputa o título contra o São Caetano
ARBITRAGEM

"Tivemos um problema grande de arbitragem no jogo do acesso do Paulista. Contra o Mirassol, no meu ponto de vista, foi pênalti. Algumas pessoas revendo, acham que não foi. No mínimo, gera dúvida. O Thiago Duarte Peixoto apitou muito bem o jogo, é experiente. Eu fico contente que um cara desse nível venha apitar essa partida. Copa Paulista não era valorizada, mas hoje a FPF tem dado uma atenção especial. O nível do campeonato melhorou muito e está do mesmo nível da Série A2. A FPF valoriza o campeonato e seus afiliados do interior, times com uma situação financeira menor."

TORCIDA

"Não sei se atrapalha o São Caetano. Não conheço psicológico dos atletas. Mas ajuda muito a gente. Vai estar lotado, torcida enlouquecida. Vai ter 16 mil torcedores apoiando a gente. Vão estar juntos em cada momento. Foi fundamental contra o Mirassol. A torcida tem um porcentual grande por estarmos na final. Faz um grande diferença."

EXPECTATIVA

"Expectativa positiva. Ansiedade normal, até gostosa. Quem trabalha com futebol, gosta dessa situação. Não pode ser uma ansiedade que atrapalhe. Nossa equipe está muito madura. Nível de concentração muito bom. Jogos contra o Mirassol precisávamos de um nível de concentração muito alta. Nossa estratégia era clara de deixa-los mais com a bola. Não correr mais do que o necessário.

Demonstra que nossa equipe é muito competente. Muito competitiva e equilibrada. Nos jogos decisivo, esses fatores fazem com que você saia na frente. Estamos no caminho certo.

CORINTHIANS

"Foco nosso é total na Copa Paulista. Esquecer qualquer coisa. Corinthians. Pensamento meu e de todos aqui dentro é conquistar esse título. Não podemos deixar nada influenciar. Até acabar copa paulista só vou falar disso. Só vou falar do XV. Preciso desse título, o XV precisa desse calendário. Vamos falar apenas disso."

OBJETIVO

"Nosso objetivo nunca foi chegar na final, mas sim de ser campeão. Tivemos um ano de sucesso. O que está acontecendo aqui é fantástico, mas nosso objetivo é o titulo. Precisamos vencer esse jogo no sábado e deixar o resultado favorável para o duelo de volta. Se tiver que decidir em São Caetano, vamos jogar para ser campeão".

PRIMEIRO JOGO EM CASA

"Eu gosto de fazer o primeiro jogo em casa. É positivo. A torcida do XV faz uma diferença brutal. Se a gente conseguir um bom resultado aqui, podemos ir em uma situação mais confortável para São Caetano."