Baiano: Vitória confirma encerramento do Aspirantes: 'Não podemos ficar com ele'

Com equipe alternativa, Leão da Barra somou 11 pontos em sete jogos na primeira fase do Estadual da Bahia

por Agência Futebol Interior

Salvador, BA, 19 (AFI) - O Vitória confirmou, nesta quinta-feira, o encerramento do time de Aspirantes, o qual vinha disputando o Campeonato Baiano, competição que está paralisado por conta da pandemia de coronavírus. Dessa forma, o técnico Agnaldo Liz deixa o estádio Manoel Barradas, o popular Barradão.

"O time de aspirante está sendo, de alguma forma, desmontado porque não podemos ficar com ele, não podemos treinar com ele. Já estamos direcionando os jogadores que têm idade de Sub-20 para estar com o Sub-20 no retorno. Estamos reavaliando alguns pouquíssimos jogadores contratados", disse o presidente rubro-negro Paulo Carneiro em áudio enviado a torcedores.

"Os jogadores do clube que não têm mais idade de júnior, nós vamos procurar emprestá-los. Mas como emprestá-los agora? Temos que tomar decisões duras, fortes e definitivas porque não temos a previsão de retorno das atividades. Muito tempo e muita despesa. Vamos tentar reduzir o custo fixo do clube nesse período", completou o dirigente.

"A gente entende a diretoria e acha muito certa a decisão do nosso presidente. Lógico que atinge a nós, comissão técnica, atletas. O que o clube passou foi que a gente estaria se desligando também, a comissão técnica", avaliou o treinador à Rádio Transamérica.

Agnaldo Liz não é mais o técnico do Aspirante do Vitória — Foto: Letícia Martins / EC Vitória / Divulgação
Agnaldo Liz não é mais o técnico do Aspirante do Vitória — Foto: Letícia Martins / EC Vitória / Divulgação
"A gente lamenta pelo trabalho que estava sendo desenvolvido. Mas a gente tem que entender que o clube tem suas obrigações. Decisão, no meu modo de ver, muito acertada de nosso presidente", encerrou o comandante.

Após sete das nove rodadas da primeira fase do Campeonato Baiano, o Vitória aparece com 11 pontos, na quarta colocação, fechando a zona de classificação para a semifinal. Bahia, com 15, lidera, enquanto Atlético Alagoinhas, com 11, é o primeiro fora do G4. Jacobina, com apenas um, está no Z1, a zona de rebaixamento.