Com chances remotas de ir à Libertadores, Vasco recebe o Palmeiras no Rio de Janeiro

Sem vencer há três rodadas, Cruz-Maltino tem sete pontos de desvantagem em relação ao G6

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 06 - O Vasco tem remotas chances de conquistar uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores e sabe que, para isso, será muito importante vencer o Palmeiras nesta quarta-feira, às 21h30, em São Januário.

Além de dar mais três pontos aos vascaínos no Campeonato Brasileiro, uma vitória sobre um dos melhores times do País - e atual campeão nacional - certamente será uma potente injeção de ânimo na equipe carioca.

No momento, sete pontos separam o Vasco do Internacional, sétimo colocado do Brasileirão. Os seis primeiros vão à Libertadores, mas o Athletico-PR, que está em sexto, já tem uma vaga na competição por ter vencido a Copa do Brasil.

Portanto, cabe ao Vasco bater o Palmeiras e torcer por uma ajuda do Ceará, que nesta quinta-feira vai enfrentar o Inter em Fortaleza.

Após empate no turno, Vasco e Palmeiras se reencontram - César Greco / Ag. Palmeiras
Após empate no turno, Vasco e Palmeiras se reencontram

JEJUM

O Vasco está há três rodadas sem vencer e, em seu último jogo em São Januário, foi batido pelo Grêmio por 3 a 1.

Por causa desses tropeços, o time carioca viu a Libertadores ficar bem mais distante, mas o lateral-direito Yago Pikachu ainda acredita que é possível chegar lá.

"A Libertadores já ficou mais próxima do que está hoje, mas está no nosso alcance ainda e estamos trabalhando forte para entrar no torneio. Não que seja uma decepção caso a gente não consiga, mas queremos algo maior na competição", disse o jogador.

COMO JOGA?

Vanderlei Luxemburgo, treinador do Vasco, tentará confundir a defesa do Palmeiras com a escalação do meia Bruno César como "falso nove", ao lado dos atacantes Rossi e Marrony.

No meio de campo, o técnico não poderá contar com Richard e Bruno Gomes, ambos suspensos, e vai escalar Fellipe Bastos e Raul.

Outra novidade da equipe vascaína será o lateral-esquerdo Danilo, substituto de Henrique, que está machucado.