São Paulo tenta pagar dívida por ex-Palmeiras para evitar punição na Fifa

O Tricolor ainda não pagou os R$ 22 milhões investidos na contratação do volante

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 31 (AFI) - O São Paulo corre nos bastidores para pagar uma dívida com o Dínamo de Kiev pela contratação do ex-palmeirense Tchê Tchê no valor de R$ 22 milhões. A situação é preocupante, pois pode gerar uma punição da Fifa.

O trâmite já está na Fifa desde janeiro de 2020, quando o Dínamo perdeu a paciência sobre as propostas não cumpridas pelo São Paulo, na época, com Leco como presidente. Com a mudança na diretoria, o Tricolor colocou a situação envolvendo Tchê Tchê como prioridade, antes que a Fifa proíba o clube de registrar jogadores.

São Paulo ainda não pagou dívida por Tchê Tchê
São Paulo ainda não pagou dívida por Tchê Tchê
O São Paulo tem uma dívida avaliado em torno de R$ 580 milhões e tem como principal objetivo da nova diretoria aliviar o montante, a começar com o Dínamo de Kiev. O Tricolor tenta junto ao clube ucraniano uma nova forma de parcelamento do valor, ainda não obteve resposta.

MAIS CASOS!
Recentemente, o São Paulo acertou com o Athletico o parcelamento da dívida em cima do atacante Pablo. O Tricolor pagará ao Furacão R$ 15 milhões, divididos em seis parcelas. A expectativa é que outras situações sejam acertadas durante o ano.