EXCLUSIVO! São Caetano age rápido e acerta com ex-técnico de Ponte e Bugre

Vadão deve ser apresentado nesta manhã de forma oficial a imprensa.

por Agência Futebol Interior

São Caetano do Sul, SP, 06 (AFI) – O São Caetano já tem novo treinador para a sequência do Campeonato Brasileiro da Série B. Após Márcio Goiano deixar a desejar no comando do Azulão, os dirigentes do clube do ABC paulista agiram rápido e anunciaram na manhã desta quarta-feira a contratação do experiente Vadão (foto) para o compeonato.

"O foco é reagir. O São Caetano tem um elenco de qualidade, mas até agora não conseguiu transformar isso em resultado. A primeira providência é a reabilitação no campeonato e depois buscar as vitórias para alcançar o objetivo que é o acesso”, comentou.

Osvaldo Alvarez vinha sendo cotado para assumir o clube desde a noite da última terça-feira, quando acabou se reunindo com alguns dirigentes do São Caetano e ouvindo a proposta do clube, onde inclusive já trabalhou, disputando a Série B de 2008 e sendo dispensado no Paulistão de 2009.

O último trabalho que Vadão realizou foi na Portuguesa, em 2010, quando antes disso preferiu deixar o Guarani e tentar a sorte no Estádio do Canindé e levar o clube à elite do futebol brasileiro, coisa que no entanto não acabou acontecendo e acabou resultado em sua demissão após fraca campanha na Segunda Divisão. Aos 54 anos, ele também coleciona passagens por grandes clube do Brasil, como São Paulo e Corinthians, além de Ponte Preta, Mogi Mirim e XV de Piracicaba no interior do Estado.

Quem também chega ao São Caetano nesta transição de comissão técnica é Carlos Pacheco, preparado físico experiente e que já trabalhou no Palmeiras, Portuguesa, Vila Nova e no próprio São Caetano, de 2007 a 2010.

Com dez pontos, o São Caetano é o 14.º colocado, a um ponto da zona de rebaixamento. O time vem de empate diante do Sport, por 3 a 3, sendo que esteve ganhando, por 3 a 1, em determinado momento. Na sexta, no Serra Dourada, em Goiânia, encara o Vila Nova.

Mais de Vadão
Profissional com 18 anos de experiência como treinador, Osvaldo Alvarez ou Vadão, como é conhecido pelos integrantes do mundo da bola, se consagrou como técnico especialista em revelar jovens talentos, entre eles Rivaldo (considerado o melhor jogador do mundo em 1999), Capone (campeão da UEFA pelo Galatasaray) e Kaká (melhor do mundo em 2007).

Destacou-se por grandes campanhas na Ponte Preta, Guarani, XV de Piracicaba, Atlético Paranaense, onde se sagrou campeão estadual e da Seletiva para a Copa Libertadores, e São Paulo, onde conquistou a Taça Rio-São Paulo.

A partir de 2007, uma nova marca na história de Vadão. Em três anos, subiu dois times da Série B para a Série A do Campeonato Brasileiro: o Vitória da Bahia, em 2007, e o Guarani de Campinas, em 2009.

 
 
" />