Luto por Daniel e possível perda de pontos na Série B: São Bento em crise!

O Bentão tenta superar as dificuldades para enfrentar a Ponte Preta de igual para igual

por Agência Futebol Interior

Sorocaba, SP, 01 (AFI) – A semana do São Bento é para ser esquecida. Se não bastasse ser denunciado por Paysandu e Sampaio Corrêa por suposta escalação irregular do jogador Gabriel Vasconcelos, o time sorocabano acabou em luto pela morte brutal do meia Daniel, assassinado no último sábado. Em meio a isso, a diretoria e a comissão técnica tenta trabalhar com a cabeça dos jogadores visando o confronto diante da Ponte Preta neste sábado, no Moisés Lucarelli.

O São Bento pensou na possibilidade de adiar a partida contra a Ponte Preta, pela 34ª rodada da Série B, mas resolveu entrar em campo. Para isso, vai mesclar, procurando escalar aqueles jogadores melhores psicologicamente e fisicamente, já que muitos estão abalados pela perda do amigo, além da possibilidade de ter pontos tirados, fato que levaria o time para a zona de rebaixamento.

Falando nisso, o time do interior paulista ainda não garantiu permanência na Série B dentro de campo. O São Bento é apenas o 12º colocado, com 43 pontos, oito a mais do que o Juventude, time que abre o descenso.

“Sem dúvida (é um clima pesado), mas temos que encontrar forças e procurar terminar bem a competição, a começar por este jogo difícil diante da Ponte Preta”, disse Marquinhos Santos, em entrevista ao Portal Futebol Interior.

ESCALAÇÃO
No último treino antes de enfrentar a Ponte Preta, Marquinhos Santos ensaiou mudanças no time do São Bento. O único desfalque certo é Doriva, com lesão no joelho. As demais alterações são por opções, devido os fatores já citados.

Marquinhos Santos tenta dar um novo ânimos aos jogadores do São Bento
Marquinhos Santos tenta dar um novo ânimos aos jogadores do São Bento

Henal treinou boa parte do treino entre os titulares, mas Rodrigo Viana é o favorito para iniciar o jogo. Na defesa, Ewerton Páscoa volta a formar dupla com Anderson Salles, enquanto Everton Silva entrou na lateral-esquerda na vaga de Marcelo Cordeiro.

Do meio para frente mais mudanças. Dudu Vieira e Ronaldo são as novidades. Ficam como opções: Fábio Bahia e Francis.

“Precisamos buscar motivação onde não tem. Foi uma semana muito difícil, mas temos que seguir lutando. Vai ser o encontro entre os dois últimos times de Daniel. Conversamos bastante, vamos promover jogadores que não vinham atuando e dedicar a partida para ele”, concluiu o treinador.

"(As mudanças) não estão relacionadas a questões extracampo e sim ao desgaste analisado pelo departamento de fisiologia e departamento físico por ser final de temporada e os riscos de lesões aumentarem", finalizou.

Um provável São Bento tem: Rodrigo Viana (Henal); Tony, Ewerton Páscoa, Anderson Salles e Everton Silva; Dudu Vieira, Samuel Santos, Roni e Zezinho; Luidy e Ronaldo.

NAS MÃOS DO STJD
Paysandu e Sampaio Corrêa denunciaram o São Bento por suposta escalação irregular de jogadores. O time sorocabano alega ter tudo dentro do permitido, mas os rivais acusam de inscrever seis atletas oriundos de times da Série B durante o torneio, enquanto apenas cinco são permitidos.

FALECIMENTO DE DANIEL
No último sábado, Daniel foi encontrado morto após supostamente ter se envolvido com uma mulher casada em uma festa particular. Ele foi brutalmente espancado e teve o órgão genital cortado. Testemunhas relataram que o ex-jogador suplicou para não morrer, enquanto o suspeito, preso nesta quinta-feira, alega estupro.

 
 
" />