Vitinho não vê Santo André como zebra e, sim, como realidade no Paulistão

Meia-atacante conversou com exclusividade com o Portal Futebol Interior nesta quinta-feira

por Agência Futebol Interior

Santo André, SP, 26 (AFI) - O Santo André pôs para correr os chamados grandes e também os rivais do interior no Campeonato Paulista. Melhor time da atual edição, o Ramalhão deixou de ser zebra e passou a ser realidade. Pelo menos foi essa a análise do meia-atacante Vitinho em conversa exclusiva com o Portal Futebol Interior.

"No começo, o primeiro objetivo era não cair. Atingimos esse objetivo, muito rápido, nas cinco ou seis primeiras rodadas. Depois foi a classificação. A gente está muito perto, não garantiu, mas está muito próximo. A realidade, no começo, podia ser zebra, mas a gente conseguiu uma sequência boa e nosso time, agora, é uma realidade, não é mais zebra", cravou o jogador de 29 anos.

Nem mesmo a pandemia do coronavírus assusta Vitinho. Ele acredita que a paralisação, por tempo indeterminado, não atrapalhou e não irá brecar o Santo André na volta do Paulistão.

"Creio que não atrapalhou, não. Está todo mundo em igualdade. O campeonato parou para todos. Nem tem como ter treino. Preparação individual, cada um na sua casa. Se atrapalhou o Santo André ou não, aconteceu a mesma coisa com os outros times", explicou.

Zebra que nada. (Foto: Angelo Baima / PSA)
Zebra que nada. (Foto: Angelo Baima / PSA)
"Eu acho que vai continuar com a mesma força. A gente se conhece. Time deu liga, se entrosou. A gente terminou em primeiro antes da paralisação. Quando voltar, podemos brigar pelo título, sim. A gente se conhece, sabe a forma que o Paulo (Roberto Santos, técnico) gosta de jogar", completou.

TREINO EM CASA!
Ainda assim, Vitinho não deixa de manter a forma física. Ele até curte a família nessa paralisação do futebol, mas tem seguido à risca a cartilha do Santo André.

"Estou fazendo os treinos em casa. O preparador físico Niltinho passou pra gente uma lista de exercícios. Eu estou mantendo o ritmo de preparação física para voltar, se for voltar, e estar pronto para recomeçar os jogos", revelou.

Família e treino. (Foto: Divulgação)
Família e treino. (Foto: Divulgação)
"Por um lado tem sido bom, por estarmos com a nossa família. Por outro, nossa vida normal não tem mais. Não pode sair de casa, não pode fazer nosso trabalho, que é jogar futebol. É ter paciência e voltar a normalidade, não só eu, como todo ser humano".

SEGREDO!
O Santo André tem a melhor campanha do Paulistão com 19 pontos em dez rodadas. São seis vitórias, um empate e três derrotas. Aproveitamento 63,3%. Na volta do Paulistão, o Santo André visitará o Santos pela 11ª e penúltima rodada.

"Segredo (do Santo André) é a humildade de cada jogador que está nesse grupo. Saber a hora de entrar, dar conta do recado, um corre pelo outro. Nosso time não tem diferença de ninguém com ninguém. As pessoas estão com o mesmo objetivo, de buscar algo melhor... isso acaba dando certo. No Santo André não foi diferente", finalizou.

Vitinho disputou o Paulistão pelo Bragantino em 2019. Em São Paulo, o atleta também tem passagens por Mogi Mirim, Botafogo-SP e Oeste - o meia ainda passou pelo Atlético-GO em 2018 e, na temporada passada, defendeu o Paraná Clube.