Sem acordo, artilheiro segue com futuro indefinido no Santa Cruz

Pipico tem contrato até outubro e ainda não entrou em consenso com a diretoria tricolor

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 11 (AFI) - Principal jogador do Santa Cruz na temporada, com 16 gols em 30 jogos, Pipico ainda está com o futuro indefinido. O empresário do atacante não chegou a um acordo com a diretoria tricolor em relação a renovação contratual após reunião realizada na última terça-feira.

Esse foi o terceiro encontro entre as partes e a expectativa é que mais uma aconteça na próxima semana. Ela seria definitiva, já que Pipico teria recebido propostas de clubes da Série B do Brasileiro para atuar ainda nesta temporada.

O atacante Pipico ainda não sabe se vai permanecer no Santa Cruz (Foto: Jota Santana/Assessoria)
O atacante Pipico ainda não sabe se vai permanecer no Santa Cruz (Foto: Jota Santana/Assessoria)
"Não chegamos a uma conclusão. Eles ficaram de falar com o presidente e me retornar. Já chegamos ao limite que poderíamos chegar", disse o procurador Ytalo Pontes ao site Superesportes.

Na semana passada, Pipico e Santa Cruz teriam chegado a um acordo sobre pagamentos de salários e premiações que o atacante ainda precisa receber referentes a essa temporada.

Natural do Rio de Janeiro, o atacante de 34 anos tem passagens por Cabofriense, Bangu, Macaé, Vasco da Gama, Atlético-GO, XV de Piracicaba, Red Bull Brasil, Guarani, Volta Redonda e Tombense antes de chegar ao Santa Cruz durante a temporada passada.

Sem conseguir sequer a classificação para as quartas de final da Série C, o Santa Cruz já iniciou o planejamento para a próxima temporada. O técnico Milton Mendes, por exemplo, não aceitou a proposta de renovação e foi para o São Bento.