Com retorno de Zidane, Real Madrid deve colocar Neymar como prioridade

Mbappé, outro atacante do PSG, também é especulado no clube espanhol

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 11 (AFI) – Está praticamente certo: Zidane está de volta ao Real Madrid quase um ano após sua saída. O treinador já vinha negociando com o clube espanhol para suceder Santiago Solari, que teve passagem desastrosa pelo Bernabeu e já é dado como carta fora do baralho.

Só que o retorno do técnico francês aumentou a especulação sobre Neymar, que está em baixa com o Paris Saint-Germain e vem sendo especulado no futebol espanhol.

TRICAMPEÃO DA LIGA DOS CAMPEÕES
Tricampeão da Liga dos Campeões e um dos maiores vencedores da história do Real Madrid, Zidane deixou o clube no ano passado sob o pretexto de que não iria conseguir manter o ritmo de conquistas.

Na visão do francês, o clube precisava de uma reformulação no elenco para seguir entre os primeiros. Coincidência ou não, com Solari o clube foi eliminado da Champions, da Copa do Rei e está fora da briga pelo Campeonato Espanhol.

Com retorno de Zidane, Real Madrid deve colocar Neymar como prioridade
Com retorno de Zidane, Real Madrid deve colocar Neymar como prioridade

ELENCO FORTE

O retorno de Zidane ao Real, portanto, está condicionada a um elenco forte e competitivo. Bale, Marcelo e Isco encabeçam a lista de jogadores que provavelmente vão ser negociados.

Hazard, por outro lado, deve ser a primeira investida do clube na próxima janela europeia. Neymar seria a cereja do bolo.

O brasileiro é um sonho antigo de Florentino Pérez, desde a época do Santos, que pode se realizar já na próxima temporada.

FRANCÊS É ESPECULADO
Mbappé, outro atacante do PSG, também é especulado no Real Madrid, mas o jovem deu uma entrevista recente em que deixou clara a sua intenção de seguir em Paris.

Neymar, que viu seu time ser eliminado de forma precoce nas oitavas da Liga dos Campeões, pode colocar menos restrições para voltar à Espanha. O atacante brasileiro vai ser um dos mais responsáveis por movimentar a janela de transferência, que abre ao final da temporada europeia.