Rebaixamento e classificação: Ponte Preta abre rodada final entre céu e inferno; veja

Com dez pontos, Macaca mede forças com o Mirassol, no domingo, em São Bernardo do Campo

por Lucas Rossafa

Campinas, SP, 24 (AFI) - Apesar de vitória em cima do Novorizontino, a Ponte Preta retornou à zona de rebaixamento no Campeonato Paulista, ao término da 11ª rodada, por conta da vitória do Botafogo-SP sobre o rival Guarani.

Embora esteja de volta à degola, Macaca tem jogo decisivo diante do Mirassol, no próximo domingo, às 16h, no Estádio Primeiro de Maio, em São Bernardo do Campo, e até pode se classificar.

Ponte Preta abre rodada final do Paulistão entre céu e inferno - Luiz Guilherme Martins / AA Ponte Preta
Ponte Preta abre rodada final do Paulistão entre céu e inferno

Em terceiro lugar no Grupo A com dez pontos, Alvinegra precisa vencer o Leão da Alta Araraquara e torcer para o Água Santa, com 11, não superar o Palmeiras, no Allianz Parque, além de secar o Oeste diante do Corinthians, na Arena Barueri.

Caso os comandados de João Brigatti empatem no ABC, será necessário que o time de Diadema perca frente o Verdão e o Rubrão não bata o Timão, ainda vivo na luta por classificação às quartas de final.

Por outro lado, para evitar qualquer possibilidade de queda à segunda divisão, a Ponte Preta, em caso de vitória, seca Água Santa, Botafogo-SP, Ituano e Ferroviária - pelo menos, um concorrente não pode conquistar o resultado positivo.