Série B: Na mira do Palmeiras, Ivan chega ao quinto pênalti defendido pela Ponte Preta

Goleiro foi o nome do jogo no empate sem gols com o América-MG, em Belo Horizonte

por Lucas Rossafa

Campinas, SP, 04 (AFI) - Herói do empate sem gols com o América-MG, no último sábado, em Belo Horizonte, Ivan chegou ao quinto pênalti defendido pelo profissional da Ponte Preta.

Em quase dois anos como titular, o goleiro já pegou quatro no tempo normal e uma em disputa de pênalti.

A primeira defesa, aliás, é a mais emblemática. Na estreia oficial, à época substituindo o ídolo Aranha, o arqueiro parou Jadson, do Corinthians, na abertura do Campeonato Paulista de 2018, e calou o Pacaembu.

Além de fechar o gol na vitória em cima do Timão, o camisa 1 defendeu as batidas de Fernando Sobral (Sampaio Corrêa), Niltinho (CSA), Nadson (Botafogo-SP) e Felipe Azevedo (América-MG).

Ivan chega ao quinto pênalti defendido pela Ponte Preta - Álvaro Júnior / Ponte Press
Ivan chega ao quinto pênalti defendido pela Ponte Preta

Diante do time do Maranhão, Ivan, inclusive, foi o herói da classificação no mata-mata da Copa do Brasil, em pleno Castelão.

MAIOR PATRIMÔNIO

Principal ativo da Alvinegra na próxima janela de transferências, Ivan é cotado para ser o reserva de Weverton no Palmeiras a partir de 2020 - Jaílson não deve renovar contrato.

O arqueiro, maior esperança de aliviar os cofres, tem multa rescisória em torno de R$ 20 milhões e 90% dos direitos econômicos vinculados ao clube pelo qual foi revelado.

DE SAÍDA

Ivan tem apenas mais dois compromissos pela Ponte Preta antes de servir a Seleção Brasileira Olímpica no Torneio de Tenerife, na Espanha - a expectativa é que seja o titular nos Jogos de Tóquio no ano que vem.

O goleiro será titular diante do São Bento (05 de novembro) e Guarani (09) antes de embarcar ao exterior - assim, Ygor Vinhas assume a posição frente Figueirense e CRB.