Red Bull 1 x 0 Juventus - Acesso para a A2 veio com drama

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 09 (AFI) - Foi sofrido, dramático, mas com final saboroso. O Red Bull venceu o Juventus por 1 a 0 na manhã deste domingo, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, garantiu o acesso para a Série A2 do Campeonato Paulista e uma vaga na grande final da Série A3, contra a Ferroviária, de Araraquara. É o segundo acesso seguido do clube, fundado em novembro de 2007.

Leia mais:
Campeão pelo Linense, lateral acerta com time da Série B

O gol da vitória do time campineiro neste domingo foi marcado pelo atacante Henan, aos 18 minutos do primeiro tempo. Nesta segunda-feira, a Federação Paulista de Futebol irá confirmar a data e o horário das partidas finais. Por ter feito a melhor campanha, o Red Bull terá a vantagem de fazer o segundo jogo em casa.

O jogo
O time comandado por Márcio Fernandes entrou em campo neste domingo com a obrigação de vencer o Juventus para não depender do resultado de Palmeiras B e Penapolense, em São Paulo. Depois de um início morno, a equipe abriu o placar aos 18 minutos. Após cobrança de escanteio de Jefferson, o atacante Henan se antecipou aos zagueiros e cabeceou para fazer 1 a 0 e anotar seu 13º gol na competição.

No segundo tempo, o Red Bull Brasil teve ainda duas boas chances para ampliar o marcador, com o zagueiro Oliveira (em chute que saiu raspando a trave) e com o atacante Alex Rafael, que acertou a trave e as costas do goleiro Fábio.

Com a proximidade do final, a partida ganhou contornos dramáticos. Em São Paulo, o Penapolense fazia 4 a 0 no Palmeiras, resultado que lhe dava a classificação em caso de empate no Moisés Lucarelli. O Juventus até tentou atacar, mas na sua melhor chance o goleiro Luiz Fernando apareceu bem e garantiu a vitória do Red Bull Brasil.

Ficha técnica

Red Bull 1 X 0 Juventus

Local: Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Árbitro: Robinson José Andréa de Góes
Cartões amarelos: William César e Dedimar (Red Bull); Nem e Rodrigo (Juventus)
Gols: Henan, aos 18 minutos do primeiro tempo

Red Bull
Luiz Fernando, Dedimar, Carlinhos, Oliveira e Jefferson; Dudu, Hudson, William César (Serginho) e Rodrigo (Tiago); Alex Rafael e Henan (Careca).
Técnico: Márcio Fernandes

Juventus
Fábio, Eron, Raphael e Danilo (Ale); Bruno, Magno (Nem), Rodrigo, Fabinho (Brayan) e Fernandinho; Heberty e Alessandro
Técnico: Betinho