São Bernardo 2 x 1 São Bento - 'Lei do ex' em dose dupla põe Timão na lanterna!

Bernô saltou duas posições no Grupo A e deixou o Corinthians na última colocação; Bentão cai para degola

por Agência Futebol Interior

São Bernardo do Campo, SP, 12 (AFI) – O São Bernardo conseguiu uma vitória heroica nos minutos finais e jogou o Corinthians para a lanterna do Grupo A do Campeonato Paulista. Com gol do ex-corintiano e ex-beneditino Edno - jogou no Timão entre 2009 e 2010 e no São Bento, em 2016 -, o Tigre do ABC paulista superou o São Bento, por 2 a 1, na noite deste domingo, no estádio 1.º de Maio, em São Bernardo do Campo, pela segunda rodada.

O resultado faz São Bernardo saltar para a segunda posição do Grupo A, com três pontos. Atrás apenas do líder Ituano, que chegou aos quatro pontos, após bater o Palmeiras, por 2 a 1. A vitória do time do ABC também deixa o Corinthians na lanterna da chave, com três pontos, mas pior saldo.

Em compensação, o São Bento já começa a complicar-se ainda no início do Paulistão. O time sorocabano segue no último lugar do Grupo C e na zona de rebaixamento, sem ponto algum. Está à frente apenas da Ferroviária, que tem pior saldo no geral.

MUITA EMOÇÃO
A partida começou em um ritmo alucinante e o São Bernardo conseguiu abrir o placar logo aos dois minutos. O lateral Eduardo levantou pelo lado direito e o atacante Walterson se antecipou para desviar de cabeça. O goleiro Rodrigo Viana foi surpreendido e não evitou que a bola entrasse no ângulo esquerdo.

O gol logo de cara fez a partida pegar fogo nos minutos seguintes. Até porque o São Bento decidiu sair com tudo ao ataque. E o empate quase marcou em chute rasteiro do meia Renan Mota, defendido pelo goleiro Daniel.

Se na primeira tentativa a bola parou em Daniel, a segunda a pelota acabou no fundo das redes. Após bela triangulação, o meia Morais tocou para o meia Clébson na área. Ele só rolou para o meio da área e encontrou o atacante Magrão, livre, apenas para escorar para o gol.

O jogo seguiu bem disputado com um cenário bem definido: o Bernô chegando na base do toque e o Bentão apostando na verticalidade. O time da casa assustou ao 19 minutos, quando o meia Rafael Costa cabeceou com perigo por cima do gol. A resposta saiu aos 33, quando o volante Fábio Bahia carimbou o travessão, em chute da entrada da área.

NO FINALZINHO...
Ao contrário da primeira etapa, a segunda não chegou a engrenar. Mesmo atuando longe de sua torcida, o time sorocabano foi quem chegou primeiro, aos 13 minutos. Clébson cruzou da esquerda e Magrão passou da bola. Ele ainda se recuperou e chutou com perigo para escanteio. Na cobrança, o lateral Marcelo Cordeiro colocou na cabeça do zagueiro Pitty, que exigiu defesa espetacular de Daniel.

Depois deste lance isolado, porém, o jogo voltou a ficar mais burocrático. Apesar das trocas realizadas por ambos os treinadores, os dois times encontraram enormes dificuldades para criar lances de perigo.

O Bernô acabou premiado por ser mais agressivo nos minutos finais. Aos 38 minutos, Edno teve grande chance. Primeiro cabeceou para milagre de Rodrigo Viana. No rebote, ele chutou em cima do goleiro. Aos 43, contudo, o atacante não perdoou. O meia Marcinho cruzou rasteiro e, sozinho, ele mandou de canhota para o gol.

PRÓXIMOS JOGOS
Na próxima quinta-feira, às 19h30, o São Bernardo volta a campo para enfrentar o Palmeiras, na Arena Palestra, em São Paulo. Enquanto isso, o São Bento visita o Ituano, na quarta-feira, às 17 horas, no estádio Novelli Júnior, em Itu.

Ficha Técnica

Fase
Fase de Grupos
Rodada
2ª rodada
Data
12/02/2017
Horário
19h30
Local
Primeiro de Maio - São Bernardo do Campo (SP)
Árbitro
Leandro Bizzio Marinho

Renda
R$ 22.620,00
Assistentes
Luis Alexandre Nilsen e Enderson Turbiani da Silva

Público
2.162 pagantes
Cartões Amarelos
São Bernardo: Rafael Costa, Alyson
São Bento: Pitty, João Paulo

Gols
São Bernardo: Walterson 2' 1T, Edno 43' 2T
São Bento: Magrão 11' 1T
São Bernardo
Daniel;
Eduardo, Edimar, Anderson Conceição e Breno;
Vinícius Kiss, Fellipe Mateus (Alyson) e Rafael Costa (Patrick Vieira);
Rodolfo (Marcinho), Edno e Walterson.
Técnico: Sérgio Vieira.
São Bento
Rodrigo Viana;
Bebeto (Régis Souza), Pitty, João Paulo e Marcelo Cordeiro (Denner);
Fábio Bahia, Itaqui, Clebson, Morais e Renan Motta;
Magrão (Jobinho).
Técnico: Paulo Roberto Santos.
 
 
" />