Vampeta fala sobre contratação de MC Livinho pelo Audax: "Foi sério"

O cantor vinha sendo apontado como a principal contratação da Série A2 de SP

por Agência Futebol Interior

Osasco, SP, 17 (AFI) - A contratação de MC Livinho pelo Audax para a disputa do Campeonato Paulista da Série A2 viralizou, mas não durou muito tempo. Em menos de 24 horas, os representantes do jogadores revelaram a desistência da tentativa do cantor em se aventurar nos gramados. O presidente Vampeta, em entrevista ao Programa Pânico, da Rádio Jovem Pan, fez revelações sobre o caso.

MC Livinho não jogará pelo Audax
MC Livinho não jogará pelo Audax
"O Audax pertence a uma família, do Mário Teixeira. E essa família é muito amiga desses MCs. Os clipes deles são gravados na casa do senhor Mário. E o Livinho tem o sonho de disputar uma partida como profissional. Ele participa de todos esses jogos festivos de final de ano e joga bem. Então, ele assinou um contrato de três meses com o Audax, com um salário mínimo, registramos, era sério", contou.

Vampeta ainda afirmou que a situação ficou ruim para o Audax. "Quando o nome dele saiu no BID [Boletim Diário Informativo, sistema da CBF que registra os atletas], perceberam que as datas não batiam. Porque ele não ia parar de fazer shows por todo o Brasil. Aí saiu caro porque virou piada, todo mundo dizendo que ele nem começou a carreira e já encerrou", concluiu.

O presidente deu explicação sobre o caso, pois muitos afirmaram que o anúncio foi apenas uma tentativa de marketing do time de Osasco para volar aos holofotes, o que foi totalmente negado pelo pentacampeão.

PAULISTA A2
Vindo de uma sequência de cinco jogos sem derrotas, o Audax é o décimo colocado do Campeonato Paulista da Série A2, com 15 pontos, três atrás da Portuguesa, em oitavo.