Por vaga na Libertadores, rival no Brasileirão revela torcida pelo Flamengo em final

Flamengo decidirá o título da Libertadores contra o River Plate e poderá abrir uma vaga no G6

por Agência Estado

Porto Alegre, RS, 21 (AFI) - O Internacional segue em sua luta por uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores de 2020. Neste domingo, pela 34.ª rodada do Campeonato Brasileiro, o time gaúcho vai enfrentar o Fortaleza, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. Mas muitos jogadores do elenco vão ficar ligados na TV no dia anterior, na torcida pelo Flamengo na final da competição continental contra o River Plate, em Lima.

Com 50 pontos, o Internacional está na sétima colocação e tem o Corinthians na cola, em oitavo, com a mesma pontuação. Hoje o time gaúcho teria a última vaga na Libertadores do ano que vem, mas o título do Flamengo ajudaria bastante, já que mais uma vaga seria aberta - ao Corinthians - e a distância para o primeiro fora da zona de classificação, neste caso o Vasco, seria de seis pontos.

Patrick na torcida! (Foto: Ricardo Duarte / Internacional)
Patrick na torcida! (Foto: Ricardo Duarte / Internacional)
"Vamos torcer, né? É uma final que pode abrir mais uma vaga e estamos na disputa entre a fase de grupos ou a pré (Libertadores). Claro, torcemos para classificar direto, sem a necessidade de ajuda de terceiros. Se tiver que vencer alguém, que seja o Flamengo", destacou o meia Patrick, nesta quinta-feira, em entrevista coletiva após o treinamento no Beira-Rio, que foi fechado à imprensa pelo técnico Zé Ricardo.

SONDADO!
Com boas atuações no Internacional, Patrick tem sido sondado por clubes do exterior. Nos últimos dois anos, o Fenerbahçe, da Turquia, demonstrou interesse. No começo da temporada, o Shandong Luneng, da China, fez uma proposta, mas ela foi rechaçada pelo clube gaúcho. Ao ser perguntado se deseja deixar o time, Patrick disse que gostaria de jogar na Europa, mas, no momento, está focado na vaga para a Libertadores.

"Tenho o interesse, com certeza. Por enquanto, não sei de nada. Hoje o meu empresário está na Turquia fazendo o trabalho que faz todo o ano, que é o de passar pela Europa. Se vier com uma notícia boa para mim e para o Inter, tudo bem. Mas acredito que não tenha nada. O meu foco é na classificação na Libertadores e cumprir o contrato que tenho com o Inter", revelou.