Odair diz que motivação do Internacional não dependia do clássico

Após a vitória no Gre-nal, técnico afirmou que a entrega dos atletas não é algo exclusivo de um duelo contra o Grêmio

por Agência Futebol Interior

Porto Alegre, RS, 09 (AFI) - O clássico Gre-Nal deste domingo, vencido por 1 a 0 pelo Internacional, terminou em confusão em campo e até nos vestiários do Beira-Rio. Diante deste cenário de rivalidade, o técnico colorado Odair Hellmann teve uma reação intensa ao fim da partida, ajoelhando-se no gramado e vibrando com a torcida, mas na hora da coletiva controlou as emoções pós-clássico.

Questionado sobre a postura aguerrida do time em campo, o treinador disse que a entrega dos atletas não é algo exclusivo de um embate contra o Grêmio.

“A motivação dos jogadores do Inter é jogar no Inter, a minha motivação como técnico é ser técnico do Inter. Eu não preciso do Grêmio pra ser motivado”, afirmou.

Foto: Ricardo Duarte
Foto: Ricardo Duarte

DE VOLTA A LIDERANÇA
Com a vitória, o Inter chegou aos mesmos 49 pontos que o São Paulo e retomou a liderança.

A vantagem em relação aos paulistas é de apenas um gol no saldo (18 a 17). Por conta da briga acirrada, Hellmann tirou um pouco do peso do clássico e garantiu foco no próximo compromisso.

“Aqui não existe desrespeito por parte de ninguém. Nós não ganhamos nada. Vocês não vão ver o Inter desqualificando o adversário e o campeonato.

Não pensamos nos outros. Ganhamos apenas o jogo, que hoje era clássico, que vale os mesmo três pontos que o próximo jogo contra a Chapecoense”, avaliou o treinador.

PRÓXIMA PARTIDA
O time gaúcho terá uma boa semana de descanso antes de enfrentar a Chapecoense, já que jogo está marcado para o dia 17 de setembro, segunda-feira, às 20 horas, na Arena Condá.

 
 
" />