Guarani confirma a esperada renovação com treinador antes da Assembleia de Sócios

Carpini foi o principal responsável pela permanência do Bugre na Série B. Mas muita coisa pode mudar na Assembleia Geral

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 25 (AFI) - Principal responsável pela arrancada que livrou o Guarani do rebaixamento no Campeonato Brasileiro da Série B, Thiago Carpini segue como treinador na próxima temporada. A esperada renovação foi anunciada nesta segunda-feira.

"É uma satisfação muito grande em anunciar a permanência dele para a próxima temporada. Ele fez um trabalho vencedor e um trabalho vencedor merece continuidade", disse o presidente Ricardo Moisés.

PRESSÃO MAIOR
Ao lado do mandatário em entrevista coletiva concedida no Brinco de Ouro da Princesa nesta segunda-feira à tarde, Thiago Carpini comemorou a permanência e acredita que a pressão vai aumentar para 2020.

"Agradeço a confiança na continuidade do trabalho. A gente fica feliz. As conversas só travaram porque a gente precisava ajustar algumas coisas sobre o planejamento. Aqui me sinto em casa, é a minha casa. Mas sabemos que a cobrança vai aumentar", comentou.

Ricardo Moisés anuncia permanência de Thiago Carpini (Foto: André Albuquerque/Guarani FC)
Ricardo Moisés anuncia permanência de Thiago Carpini (Foto: André Albuquerque/Guarani FC)

PLANEJAMENTO
O treinador, de apenas 35 anos, que recebeu algumas sondagens pelo seu trabalho realizado, disse que o planejamento para a próxima temporada começou ainda durante a Série B.

Alguns possíveis reforços foram observados e uma lista dos jogadores que vão continuar também foi feita.

"O projeto Paulistão começou durante a Série B, fomos observando atletas. O mais importante é que a gente não sai do zero.

A gente tem uma base sólida, já temos uma ideia dos atletas que devem permanecer. Agora é ir para o mercado e procurar fazer um Guarani muito forte", finalizou o treinador.

DEPENDE DA ASSEMBLEIA GERAL
No entanto, todo esse planejamento pode ir por água abaixo na próxima segunda-feira, quando acontece a Assembleia de Sócios para destituir toda a diretoria que forma o Conselho de Administração.

Por isso, é um risco assumir compromissos sem saber o que vai acontecer, mesmo que Thiago Carpini seja um nome de consenso e que seu contrato provavelmente seria renovado caso aconteça o impeachment da diretoria.

TRAJETÓRIA CURIOSA
Thiago Carpini teve uma trajetória interessante na competição. Pegou o time na lanterna da Série B, com apenas 13 pontos. As nove vitórias, os quatro empates e sete derrotas fizeram o Bugre escapar do rebaixamento.

O curioso é que oito vitórias foram por 1 a 0, no que o próprio técnico repetia ser ‘uma goleada’. Apenas fez 2 a 0 sobre o Atlético-GO, em Campinas, dia 30 de setembro pela 26.ª rodada.

Na 12.ª colocação, com 44 pontos, o Guarani faz o último jogo da temporada no sábado, contra o já rebaixado Londrina, no Estádio do Café, no norte do Paraná. A missão é fechar o ano na frente da rival Ponte Preta, que tem a mesma pontuação, porém, fica em 14.º lugar por somar menos vitórias: 12 a 10.