Paulo Silva entrega o cargo após Grêmio Prudente não regularizar jogadores

Ele não pôde contar com dez atletas, sendo cinco titulares, e precisou recorrer à base

por Agência Futebol Interior

Presidente Prudente, SP, 09 (AFI) - Paulo Silva (foto) não é mais técnico do Grêmio Prudente. O treinador não gostou nada da diretoria não ter regularizado jogadores para a estreia na Segundona do Campeonato Paulista e que não teria todo seu elenco nem mesmo para a segunda rodada. Desta forma, o treinador pediu demissão nesta segunda-feira. A informação é exclusiva do Grande Área, parceiro do Portal Futebol Interior.

"Tínhamos cinco atletas da base no total de 13 jogadores relacionados, sendo apenas cinco titulares. É complicado você trabalhar durante a semana toda visando uma ótima estreia e na hora não poder contar com jogadores no qual você treinou para iniciar a partida. Desejo sucesso ao clube e vida que segue", disse Paulo Silva ao site Grande Área.

Paulo Silva já havia enfrentado problemas na estreia contra o Osvaldo Cruz. Ele não pôde contar com dez atletas. Só cinco jogadores que vinham treinando foram a campo neste fim de semana. Paulo Silva teve que contar com garotos da base, queimando etapas. Sem uma posição oficial da diretoria, ele preferiu deixar o clube.

O Grêmio Prudente, já sem técnico, voltará a campo pelo Grupo 1 no próximo domingo, às 15 horas, para encarar o Assisense em Assis pela segunda rodada da Segundona Paulista.

 
 
" />