Sul-Americana: Antes de pegar o Deportivo Cuenca, Léo já fala em título do Fluminense

"É um torneio complicado, com viagens longas, tem altitude, tudo isso prejudica um pouco", afirmou o lateral

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 02 - O Fluminense conta com o apoio da torcida no jogo de quinta-feira, no Maracanã, diante do Deportivo Cuenca, para garantir uma vaga nas quartas de final da Copa Sul-Americana. No confronto de ida, em Quito, o time carioca venceu por 2 a 0. Além da classificação, o lateral Léo exibiu confiança nesta terça ao já falar sobre a possibilidade de a equipe conquistar o título continental.

"Vamos brigar pelo título da Sul-Americana e pela vaga para disputar a Libertadores no ano que vem. É um torneio complicado, com viagens longas, tem altitude, tudo isso prejudica um pouco, mas o Fluminense é time grande, está acostumado a jogar esses torneios, temos que estar focados, buscando os títulos", afirmou o jogador, em entrevista coletiva na qual aproveitou para convocar os torcedores tricolores.

"Sempre é bom jogar com o apoio da torcida, ainda mais quando está em peso, lotando o estádio, é sempre muito bom. Vai ser um ânimo a mais para o time ver o torcedor enchendo o Maracanã, apoiando os 90 minutos em busca da classificação", disse Léo, que prevê um duelo difícil diante dos equatorianos.

Sul-Americana: Antes de pegar o Deportivo Cuenca, Léo já fala em título do Fluminense
Sul-Americana: Antes de pegar o Deportivo Cuenca, Léo já fala em título do Fluminense
"Temos que entrar com atenção. Independentemente do resultado lá, que foi muito bom, pois buscamos a vitória a todo momento e fizemos dois gols, não tem nada decidido ainda. É um jogo chato, eles têm uma equipe muito boa, temos que estar atentos os 90 minutos, bem focados, ligados para jogar bem e ganhar o jogo", ressaltou.

Caso o Fluminense obtenha a classificação, o time carioca vai enfrentar o Nacional nas quartas de final. O time uruguaio eliminou o argentino San Lorenzo ao vencer o jogo de volta das oitavas, em casa, por 2 a 0, após perder na Argentina por 3 a 1.

 
 
" />