Presidente do Cruzeiro promete explicar retorno repentino de volante

Henrique foi emprestado ao Fluminense no início do ano, mas já voltou ao clube mineiro

por Agência Estado

Belo Horizonte, MG, 24 - Seis vezes campeão mineiro (2008, 2009, 2011, 2014, 2018 e 2019), bicampeão brasileiro (2013 e 2014) e da Copa do Brasil (2017 e 2018), o volante Henrique, de 35 anos, está de volta ao Cruzeiro. O anúncio foi feito elo clube mineiro, nesta sexta-feira, nas redes sociais.

Henrique retorna ao clube mineiro, após ser emprestado para o Fluminense desde janeiro. O meio-campista soma 516 jogos e anotou 27 gols nas duas passagens que soma pelo time cruzeirense.

Aguardado nos próximos dias em Belo Horizonte, Henrique treinou nesta quarta-feira, no CT Carlos Castilho, com o restante do elenco do Fluminense. Ao final da atividade, o jogador se despediu dos companheiros.

Sérgio Santos Rodrigues (à esquerda) vai explicar o retorno do volante
Sérgio Santos Rodrigues (à esquerda) vai explicar o retorno do volante
VOLTOU RÁPIDO
Desgastado após o rebaixamento do Cruzeiro para a Série B do Brasileiro no fim do ano passado, Henrique renovou seu contrato até o fim de 2021, mas acertou empréstimo de seis meses com o Fluminense. Seu desejo é encerrar a carreira na equipe mineira, na qual atuou por 12 anos.

No Fluminense, iniciou a ano como titular nas sete primeiras partidas, mas acabou no banco de reservas nos últimos quatro jogos, antes da pandemia do coronavírus.

FALA, PRESIDENTE
"Ele retorna para o time que nunca deveria ter saído e não queria ter saído. Esses detalhes e alguns outros, serão contados nesta quinta-feira para vocês.

Os bastidores desse momento fatídico em que todos nós sofremos ano passado", disse o presidente Sérgio Santos Rodrigues, referindo-se à queda para a segunda divisão.

"Vocês, torcedores, podem ter certeza, que o Henrique foi um dos poucos que choraram naquele vestiário. Ele volta para ajudar a gente nesse processo de retorno à Série A para fazer companhia para aqueles guerreiros que também ficaram aqui neste momento difícil", completou o dirigente.