Egídio revela ambição do Cruzeiro para ter a melhor campanha da Libertadores

O lateral também revela o desejo de manter a invencibilidade do time na temporada

por Agência Estado

Belo Horizonte, MG, 09 - O Cruzeiro precisa de uma vitória, nesta quarta-feira, às 19h15, no Mineirão, diante do Huracán para garantir com antecipação a classificação para as oitavas de final e o primeiro lugar no Grupo B da Copa Libertadores. Mas o lateral-esquerdo Egídio deixou escapar, nesta terça-feira, uma outra ambição do time mineiro.

"O primeiro objetivo era disputar a Libertadores. Depois o primeiro lugar do grupo. Depois, o primeiro lugar geral. E uma vitória em casa nos fortalece ainda mais para a sequência, que teremos jogos importantes. Vamos nos concentrar neste jogo e depois pensar no próximo. O Mano vem nos alertando para a importância de manter os pés no chão. Estamos com uma sequência muito boa e queremos manter isso", disse o atleta.

Além de dar prosseguimento à boa campanha na Libertadores - foram três vitórias, em três jogos, Egídio também revela o desejo de manter a invencibilidade do time na temporada. Foram 13 vitórias e quatro empates.

"Vamos ter um jogo muito importante, mais um. Estaremos em casa, com o apoio da nossa torcida. Vamos procurar fazer o que estamos fazendo: atentos atrás e procurando aproveitar as chances. Queremos vencer para garantir a classificação e manter a invencibilidade na temporada."

Egídio falou sobre a campanha do Cruzeiro na Liberta
Egídio falou sobre a campanha do Cruzeiro na Liberta
RESPEITO!
Apesar de toda a confiança, Egídio prega respeito ao adversário argentino, que está em crise.

"Não tem jogo fácil na Libertadores. Vamos procurar fazer um grande jogo e sair com o resultado que nos interessa. Nossa defesa está bem, mas o ataque também. Isso é fruto de treinamento e obediência tática. Por isso estamos com uma campanha tão boa, sem sofrer gols na Libertadores." O ataque marcou quatro gols.

Questionado sobre a atual fase do Huracán, que corre risco de perder pontos no Campeonato Argentino por irregularidade com documentos, Egídio tratou de minimizar o fato.

"Dentro de campo é 11 contra 11, então temos de entrar preparados para um jogo bastante complicado. Eles vão querer dar a vida. Lá na Argentina o campo estava pesado, choveu muito. Aqui, é manter a leveza de jogar, sendo firme quando necessário. Estamos fazendo gol com transição e queremos continuar", finalizou.

Líder do Grupo B da Libertadores, o Cruzeiro soma nove pontos, após três rodadas. O Deportivo Lara tem quatro, enquanto o Emelec soma dois. O Huracán soma um.