Para ter atacante, Cruzeiro envia lista de jogadores ao Santos

A diretoria alvinegra não teria ficado animada com os nomes apresentados, com exceção ao de Sassá

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 07 (AFI) - Além de manter a base campeã da Copa do Brasil, o Cruzeiro vai em busca de reforços para montar um elenco competitivo visando a Copa Libertadores. Uma das prioridades é o atacante Bruno Henrique, do Santos. A negociação, porém, não é fácil e pode envolver jogadores pouco aproveitados por Mano Menezes.

Bruno Henrique tem contrato com o Peixe até o dia 31 de janeiro de 2021 e custou cerca de R$ 13,5 milhões aos cofres alvinegros em 2017, quando foi contratado junto ao Wolfsburg-ALE. Por isso, além de envolver alguns jogadores na negociação, a diretoria celeste deve disponibilizar uma quantia financeira.

O atacante Bruno Henrique é uma das prioridades do Cruzeiro para próxima temporada
O atacante Bruno Henrique é uma das prioridades do Cruzeiro para próxima temporada
A lista de jogadores que podem ser trocados por Bruno Henrique já foi enviada aos dirigentes do Santos. O único nome que agradou foi o de Sassá. O clube alvinegro ainda pediu Arrascaeta e Thiago Neves, mas os dois são peças fundamentais no esquema tático de Mano Menezes e o Cruzeiro não tem interesse em se desfazer de ambos.

Bruno Henrique tem 27 anos e é um dos pedidos de Mano Menezes. O atacante, inclusive, foi revelado na base do próprio Cruzeiro e a oportunidade de ficar mais perto da família pode pesar. Ele ainda tem passagens por Uberlândia, Itumbiara, Goiás e Wolfsburg-ALE, onde não foi muito bem.

Nesta temporada, depois de sofrer uma lesão grave no olho pelo Paulistão, Bruno Henrique ficou um tempo afastado dos gramados, mas não teve o mesmo desempenho de 2017, quando marcou 18 gols em 53 jogos. O atacante em 2018 balançou as redes apenas duas vezes em 32 partidas e terminou o ano em baixa.

 
 
" />