Série C: Meia do Criciúma entende cobrança da torcida, mas defende elenco após empate

O time catarinense ficou no empate sem gols contra o São Bento, mesmo com o adversário muito desfalcado por surto de covid no elenco

por Agência Futebol Interior

Criciúma, SC, 28 (AFI) – Após o empate sem gols contra o São Bento, o meia Jean Mangabeira, do Criciúma, defendeu seus companheiros e afirmou que não sente uma frustração pelo resultado.

A torcida cobrou um resultado melhor porque o São Bento vinha de um surto de covid no elenco e entrou em campo com o time muito desfalcado, chegando até a usar um goleiro na linha para completar os onze titulares.

“Nossa torcida é muito grande, muito exigente. A gente sabe que toda vez que a gente entra em campo, a gente tem que brigar pelos três pontos. Temos que lembrar que do outro lado tinham onze jogadores e esse respeito é mutuo. A gente buscou o tempo todo a vitória, mas infelizmente a bola acabou não entrando e não conseguimos nosso objetivo”, justificou o jogador.

Sobre a situação delicada do São Bento, Jean afirmou que não conseguiu conversar muitos com os adversários. Os dois times chegaram a trocar algumas palavras, mas o atleta do Criciúma preferiu não se aprofundar nas questões referentes ao adversário.

“A gente conseguiu ter um pouquinho de contato com eles durante o jogo, mas o nosso foco era lutar pelos três pontos. A gente já passou por esse momento aqui mesmo no Criciúma com essa pandemia, mas a gente teve uma breve conversa com eles, uma conversa bem curta”, concluiu.