Série B: Com elenco de folga, diretoria do Criciúma trabalha em busca de reforços

A contratação de um zagueiro se tornou prioridade após a grave contusão de Léo Santos, que só volta a jogar em 2019

por Agência Futebol Interior

Criciúma, SC, 17 (AFI) - Ao contrário dos jogadores, que ganharam um dias de folga e se reapresentam apenas na quinta-feira, os dirigentes do Criciúma não tiveram descanso. A busca por reforços para a sequência do Campeonato Brasileiro da Série B é incessante.

O técnico Gilson Kleina aguarda a chegada de reforços no Criciúma (Foto: Caio Marcelo/Criciúma)
O técnico Gilson Kleina aguarda a chegada de reforços no Criciúma (Foto: Caio Marcelo/Criciúma)
A contratação de um zagueiro, por exemplo, se tornou prioridade depois da grave lesão de Léo Santos, que vai precisar passar por uma cirurgia no joelho esquerdo e só volta na próxima temporada. Um atacante para ser sombra de Léo Gamalho também está na lista.

Por outro lado, de dois a três jogadores podem deixar o clube. Na semana passada, a diretoria chegou a um acordo e rescindiu com o volante Zé Augusto, que não vinha sendo aproveitado pelo técnico Gilson Kleina.

Na 14ª colocação, com nove pontos, o Criciúma volta a campo em julho, contra o Coritiba, no Heriberto Hülse, pela nona rodada da Série B. A data ainda não foi definida pela CBF.