Falta de treino e muitos jogos derrubaram rendimento do Corinthians, diz Mancini

O comandante do alvinegro também falou de reforços, mas de forma superficial e sem citar nomes

por Agência Estado

São Paulo, SP, 30 - A sequência de jogos e a falta de treinamentos foram os responsáveis pela queda de rendimento nas últimas partidas, afirmou Vagner Mancini nesta terça-feira. Para o treinador do Corinthians, o desgaste físico e a falta de tempo para treinar fizeram os jogadores perderem a "proposição de jogo".

"Tivemos uma queda de rendimento muito em função da falta de treinamento. Quando você joga demais começa a perder conceitos básicos de marcação, de proposição de jogo. O treino é importante nesta época, já que estamos num calendário apertado. Quando você para por uma semana ou dez dias e tem a oportunidade de refazer todo o trabalho tático", disse Mancini, ao comentar a paralisação do Paulistão.

Falta de treino e muitos jogos derrubaram rendimento do Corinthians, diz Mancini
Falta de treino e muitos jogos derrubaram rendimento do Corinthians, diz Mancini
"Lógico que há um impacto, a paralisação não é boa, pois a gente perde sequência de trabalho. Só que quando você tem um calendário apertado como tem sido na época de pandemia, a gente até respira um pouco e consegue com treinamento recuperar um pouquinho a equipe", projetou o treinador, durante entrevista a sócios-torcedores no canal oficial do Corinthians.

Mancini também falou de reforços, mas de forma superficial e sem citar nomes. E disse que eventuais contratados terão que mostrar serviço no time. "A partir do momento que for contratar, o jogador tem que vestir a camisa, entrar em campo, jogar e não sair mais. O perfil de jogador para o Corinthians tem que ser esse", declarou.

CHANCE AOS JOVENS
O técnico confirmou que a aposta do momento é na base. "Com a dificuldade financeira, temos de apostar nos meninos da base. É óbvio que não de uma vez ou atropelando as coisas, são meninos jovens, precisam de um tempo para amadurecerem em uma equipe recheada com jogadores mais velhos. Essa mescla já está acontecendo, e a tendência é que aumente, que a gente veja algumas caras novas, para ter ganho físico e de intensidade nas partidas."

O Corinthians treinou em dois períodos nesta terça-feira, mesmo ainda sem saber quando voltará a jogar. O próximo jogo seria o clássico com o São Paulo, no dia 11, pelo Paulistão. Mas a competição segue suspensa por decisão do governo do Estado de São Paulo, em razão do aumento do número de casos e mortes por covid-19 nas últimas semanas.