Red Bull Bragantino 1 x 3 Palmeiras - Verdão faz grande 1º tempo e encaminha vaga

O resultado aumentou a pressão em cima da diretoria, já que a torcida pede pela permanência de Andrey Lopes

por Agência Futebol Interior

Bragança Paulista, SP, 29 (AFI) - O Palmeiras confirmou o favoritismo e largou na frente na busca por uma vaga nas quartas de final da Copa do Brasil ao derrotar o Red Bull Bragantino por 3 a 1 na noite desta quarta-feira, no estádio Nabi Abi Chedid. Ainda com Andrey Lopes como treinador, o time da capital fez um grande primeiro tempo, construiu o resultado, caiu de produção, mas conseguiu garantir a vitória.

Com o resultado, o Palmeiras poderá perder por até um gol de diferença que avançará para a próxima fase no duelo de volta, marcado para quinta-feira, às 19h, no Allianz Parque. Além da vaga, o vencedor embolsará R$ 3,3 milhões.

VEJA OS GOLS DA VITÓRIA DO VERDÃO


VERDÃO EUFÓRICO!
O Palmeiras fez um primeiro tempo surpreendente e encaminhou sua classificação às quartas de final da Copa do Brasil em questões de minutos. Aos quatro, Wesley recuperou a bola, deu um chapéu no adversário e deixou a bola com Viña.

O lateral acionou Zé Rafael em velocidade. O meia disparou e deu belo passe para Raphael Veiga, que chegou chutando e contou com um desvio na zaga para abrir o placar.

Palmeiras derrota o Red Bull Bragantino
Palmeiras derrota o Red Bull Bragantino

MAIS LIBERDADE
Como volante, Felipe Melo teve mais liberdade na partida e foi dele o cruzamento para o gol marcado por Wesley. O capitão do Palmeiras deu um lançamento primoroso para a jovem promessa, que avançou pela direita e chutou com força para marcar, aos 17 minutos. Enquanto o Red Bull Bragantino sentiu, o time paulista continuou pressionando.

Aos 27 minutos, Weverton lançou para Raphael Veiga, que deu para Rony. O atacante partiu em velocidade e mandou rasteiro para dentro da área. Léo Ortiz tentou cortar e jogou nos pés de Luiz Adriano, que só teve o trabalho de empurrar. O atacante ainda teve grande chance, no fim, para fazer o quarto, porém, jogou para fora.

Palmeiras colocou Bragantino na roda no 1.º tempo
Palmeiras colocou Bragantino na roda no 1.º tempo

SÓ DEU BRAGA!
No segundo tempo, o Palmeiras recuou e chegou a sofrer certa pressão do Bragantino. No entanto, o time mandante não conseguiu transformar a superioridade em gol, neste bom início, e encontrou muita dificuldade para infiltrar a área.

Com Gomez e Luan, além de Felipe Melo protegendo, o time de Palestra Itália mostrou que ganhou muito defensivamente.

SUSTOS E GOL
No contra-ataque, o Palmeiras ainda assustou. Rony fez boa jogada pela direita, mas tocou mal e facilitou o corte de Claudinho, que afastou o perigo. O castigo veio na sequência. Morato recebeu na entrada da área e deixou com Hurtado. O atacante arriscou o chute e mandou no fundo das redes.

Os minutos finais foram de ataque contra defesa. O Red Bull Bragantino pressionou como pôde, jogou o Palmeiras para o campo de defesa, mas não conseguiu diminuir a diferença.

Ficha Técnica

Fase
Oitavas de Final
Rodada
1ª rodada
Data
29/10/2020
Horário
19h00
Local
Nabi Abi Chedid - Bragança Paulista (SP)
Árbitro
Jean Pierre Goncalves Lima (RS)

Assistentes
Leirson Peng Martins (RS) e Lucio Beiersdorf Flor (RS)

Cartões Amarelos
Red Bull Bragantino-SP: Edimar, Claudinho, Aderlan
Palmeiras-SP: Raphael Veiga, Wesley, Felipe Melo

Gols
Red Bull Bragantino-SP: Hurtado 37' 2T
Palmeiras-SP: Raphael Veiga 4' 1T, Wesley 17' 1T, Luiz Adriano 27' 1T
Red Bull Bragantino-SP
Cleiton;
Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Edimar;
Ricardo Ryller, Lucas Evangelista (Uillian Correia), Artur (Morato), Bruno Tubarão (Luis Phelipe) e Claudinho;
Ytalo (Hurtado).
Técnico: Maurício Barbieri.
Palmeiras-SP
Weverton;
Gabriel Menino, Luan, Gustavo Gómez e Matías Viña;
Felipe Melo, Zé Rafael e Raphael Veiga (Lucas Lima);
Rony (Willian), Wesley (Gustavo Scarpa) e Luiz Adriano (Ramires).
Técnico: Andrey Lopes (interino).