Bragantino-PA 3 x 2 Aparecidense - Carrasco da Ponte cai na Copa do Brasil

O time paraense avança à terceira fase e agora se prepara para enfrentar o Vila Nova

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 10 (AFI) - Depois de vencer a Ponte Preta duas vezes para enfim avançar na Copa do Brasil, a Aparecidense foi eliminada do torneio nacional. A eliminação veio com uma derrota por 3 a 2 para o Bragantino-PA na noite desta quarta-feira, em jogo atrasado da segunda fase, no Diogão, em Bragança.

O time paraense, por sua vez, avança à terceira fase e agora se prepara para enfrentar o Vila Nova, que esperava desde o dia 27 de fevereiro a definição do próximo adversário.

O atraso se deu em razão de todo imbróglio que envolveu o confronto entre Aparecidense e Ponte Preta, pela primeira fase. No dia 12 de fevereiro, o time goiano bateu os pontepretanos por 1 a 0. O clube paulista, no entanto, foi ao STJD denunciar interferência externa em um gol anulado nos minutos finais e conseguiu impugnar a partida. Com isso, os times tiveram que se enfrentar novamente no dia 3 de abril, e a Aparecidense venceu de novo, desta vez por 2 a 0.

AOS POUCOS
O Bragantino entrou em campo em busca de fazer valer o mando de campo e procurou o ataque, apesar de não ter tido tantas chances claras de gol. O goleiro Axel só trabalhou aos 26 minutos, quando defendeu um bom cabeceio de Nonato. A resposta da Aparecidense veio logo em seguida, aos 26, em lance em que Wallace espalmou um chute de primeira de Bruno Limão.

Foto: Divulgação / Bragantino
Foto: Divulgação / Bragantino

O zero só foi sair do placar quando a partida já se aproximava do intervalo, e quem saiu na frente foi o Bragantino. Aos 36 minutos, Wallace espalmou mais uma, após finalização de Mauro Paiva, mas desta vez a bola foi paro o meio da área e sobrou para Lukinha, de primeira, mandar forte para a rede.

TODO VAPOR
O segundo tempo foi muito mais movimentado, tanto que o gol de empate saiu logo no primeiro minuto. No lance, Rayro ficou com a sobra após corte mal feito pela defesa adversário e bateu no alto. O Bragantino voltou à frente do placar aos 12, com pênalti convertido por Marco Goiano.

Rayro estava inspirado e apareceu para empatar mais uma vez. Aos 18 minutos, ele recebeu perto da aérea, puxou para a perna esquerda e mandou para a rede. Aos 25 minutos, a Aparecidense ficou com um a menos em razão da expulsão de Rafael Cruz.

A situação favoreceu Bragantino, que garantiu a vitória com Marcão, que aproveitou falha da defesa para apenas empurrar a bola para dentro do gol, aos 40 minutos. Ainda deu tempo de Rayro ser expulso pelo lado goiano.

Ficha Técnica

Fase
Segunda Fase
Rodada
1ª rodada
Data
10/04/2019
Horário
19h15
Local
Mangueirão - Belém (PA)
Árbitro
Adriano Milczvski (PR)

Assistentes
Ivan Carlos Bohn e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)

Cartões Amarelos
Bragantino-PA: Bruno Limão
Aparecidense-GO: Rafael Cruz

Cartões Vermelhos
Aparecidense-GO: Rafael Cruz, Rayro
Gols
Bragantino-PA: Lukinha 36' 1T, Marco Goiano 15' 2T, Marco Goiano 40' 2T
Aparecidense-GO: Rayro 1' 2T, Rayro 19' 2T
Bragantino-PA
Axel;
Bruno Limão, Romário, Gabriel e Esquerdinha;
Capanema, Lukinha, e Marco Goiano (Keoma);
Paulo de Tárcio, Mauro Praia (Will) e Fidélis (Tony Love).
Técnico: Samuel Cândido
Aparecidense-GO
Wallace;
Rafael Cruz, Robson, Filipe e Mário Sérgio;
Tiago Ulisses, Wagner e Washington (Rayro);
Aleílson (Uederson) , Moisés e Nonato (Alex Henrique).
Técnico: Edson Júnior