Seleção FI da Copa Paulista tem como destaque técnico bicampeão e artilheiro da competição

O esquema da equipe é o 4-3-3 e têm como destaque atacantes artilheiros, meia bom de bola e zagueiro que fez gol do título

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 02 (AFI) - Terminou no último domingo a Copa Paulista de Futebol 2010. A equipe campeão foi a do Paulista de Jundiaí, que de quebra garantiu uma vaga na Copa do Brasil de 2011, competição que o time levantou o caneco em 2005. O Portal Futebol Interior traz para você a Seleção FI da Copinha deste ano.

O esquema da equipe é o 4-3-3 e têm como destaque atacantes artilheiros, meia bom de bola e zagueiro que fez gol do título. No comando do time, o técnico do Paulista, Fernando Diniz, que conquistou o bicampeonato da competição, já que em 2009, também ergueu o caneco com o extinto Votoraty.

Goleiro: Luiz Fernando (Red Bull) - Fez uma competição impecável, defendendo tudo e mais um pouco. No gol que culminou no vice-campeonato, o jogador não teve culpa alguma e na própria decisão contra o Paulista, fez verdadeiros milagres.

Lateral-direito: Ferrinho (Penapolense) - Revelado pelo clube do Santos, ao lado de Robinho e Diego, o jogador fez partidas memoráveis, ajudando o time com belo passes e ainda fazendo lindos gols de faltas.

Zagueiro: Diego Borges (Barueri) - Apesar do time ter sido eliminado na quartas-de-final, ele demonstrou bastante tranquilidade nos jogos do Barueri e por várias vezes e foi ao ataque fazer gols.

Zagueiro: Rodrigo Sabiá (Paulista) - Não está na Seleção por causa do gol do título, mas sim por ter feito partidas com muita seriedade e ainda fez vários gols na competição.

Lateral-esquerdo: Kauê (São Bernardo) -
O Bernô foi eliminado para o campeão da Copa Paulista e o jogador fez dois jogos memoráveis nas quartas-de-final. Na primeira fase ele foi um dos grandes jogadores da equipe.

Volante: André Bilinha (Linense) - Capitão do Elefante da Noroeste, dando tranquilidade para os jogadores mais jovens, mostrando sua experiência em campo. Além de auxiliar os mais jovens, fez um competição boa.

Meia: Marlon (XV de Piracicaba) -
Principal jogadorr do Nhô Quim na competição, não era por menos que era capitão da equipe e perfeito na jogadas de bola parada. Se o time chegou até as quartas-de-final, o atleta teve bastante crédito por isso.

Meia: Anderson Ataíde (Ituano) - O jogador não jogou todas às partidas, pois no início da segunda fase teve uma lesão, muito por isso, o time não se classificou às quartas-de-final. Mas na primeira fase, a equipe se classificou por ele ter feito jogos memoráveis.

Atacante: Henan (Red Bull) -
O que falar do artilheiro da competição com 15 gols? O Tourão não foi campeão, mas o jogador foi um dos responsáveis pela sua equipe ter chegado à final do campeonato.

Atacante: (Hernani (Paulista) -
Errou o pênalti na final, mas isso não tirou os seus créditos com os torcedores. Ele foi o artilheiro do Galo Japi na competição e muito deles em momentos decisivos.

Atacante: Diogo Acosta (São Bernardo) - Fez um campeonato impecável, fazendo belos jogos, sendo um dos únicos jogadores regulares da competição. Ainda, terminou com vice-artilheiro com 12 gols.

Técnico: Fernando Diniz (Paulista) - Com mais da metade do Paulista sendo formado por jogadores da base, o treinador acabou levando o time ao título da competição e o seu segundo seguido, já que em 2009 dirigindo o extinto Votoraty, também levantou o caneco da Copa Paulista.

 
 
" />