Técnico do Ceará lamenta jogo 'abaixo do esperado' e pede apoio da torcida

"Lamento, peço desculpas ao torcedor e compreensão nessa reta final", pediu Adilson Batista

por Agência Futebol Interior

Fortaleza, CE, 17 (AFI) - Com duas derrotas seguidas, o Ceará não consegue deixa o fantasma do rebaixamento para trás. Após a derrota diante da Chapecoense por 1 a 0 neste domingo, o técnico Adilson Batista lamentou a 'falta de atitude' da equipe, mas pediu ajuda para o torcedor nesta reta final.

"Foi abaixo do esperado, principalmente em termos de atitude em um momento tão difícil e importante. Peço desculpas ao torcedor e compreensão nessa reta final", pediu Adilson.

CHATEADO

O técnico ainda revelou o chateamento com a derrota nesta 33.ª rodada do Campeonato Brasileiro, principalmente por conta da derrota diante do Fortaleza por 1 a 0 na última rodada.

"Futebol não se ganha quando quer. Faltou um pouco de imposição. Nós precisamos trabalhar bem na semana para reagir o mais rápido possível. Sabíamos da importância de vencer este jogo e estamos muito chateados. A responsabilidade é toda nossa", afirmou.

Foto: Stephan Eilert /cearasc.com
Foto: Stephan Eilert /cearasc.com
SUPERAÇÃO EM 2018

Adilson finalizou relembrando outros momentos de superação do Ceará e pediu apoio do torcedor já diante do São Paulo, às 19h do domingo, no Castelão.

Com 36 pontos, o Ceará está em 15º lugar, mas pode perder uma posição caso o Cruzeiro, que joga nesta segunda-feira, vença o Avaí.

"Isso a gente viu ano passado, quando estava lá embaixo e ninguém acreditava. A recuperação foi fruto de trabalho, de união com o torcedor e é isso que eu peço. Nós somos os responsáveis por esse resultado, mas precisamos de apoio e mobilização já contra o São Paulo no domingo", finalizou.