Segundona: Com desfalque, Catanduvense tenta encerrar primeira fase longe da lanterna

Além disso, a equipe não vai poder contar com o apoio do técnico Dininho que foi suspenso pelo TJD-SP

por Oscar Silva

Catanduva, SP, 05 (AFI) - Na tentativa de terminar a competição fora da lanterna no Grupo 2 do Campeonato Paulista da Segunda Divisão, o Catanduvense terá que fazer a lição de casa diante do Fernandópolis, no Estádio Silvio Salles, nesse final de semana para não terminar essa etapa na última colocação da chave. Além disso terá que torcer para o rival Catanduva não vença o Taquaritinga.

Para o embate, são vários os desfalques começando pelo técnico Dininho punido com três jogos na última segunda-feira, pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD), da Federação Paulista de Futebol. Com isso, fica nas quatro linhas o auxiliar-técnico, Ivan Canela.

Com desfalque, Catanduvense tenta encerrar primeira fase longe da lanterna (Foto: Muller Merlotto Silva)
Com desfalque, Catanduvense tenta encerrar primeira fase longe da lanterna (Foto: Muller Merlotto Silva)
MAIS DESFALQUES
Na escalação são três os desfalques todos pelo motivo do terceiro cartão amarelo. o lateral direito Talles, o meia João Vitor, e o atacante Jeférson. No lugar de Talles, entra Lucas Amaral, enquanto para o posto de Vitor e Jeférson, devem jogar Igor e Matheus Silva, respectivamente.

Eis os onze titulares do Bruxo: Guido; Lucas Amaral, Alex Sandro(Wellington), Luciano e Messias; Guilherme Rezende, Gui, Igor e Eliu; Matheus Silva e Cristian.

 
 
" />