Santos-AP 2 x 2 Moto Club-MA – Empate justo em duelo com 5 expulsões

Os times não estiveram interessados na vitória e o empate acabou sendo justo

por Agência Futebol Interior

Macapá, AP, 17 (AFI) – Em duelo com nível técnico baixíssimo e com quatro expulsões, Santos e Moto Club empataram por 2 a 2, no Estádio Zerão, em Macapá, pela sétima rodada da primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série D. O Santos teve três expulsos e o Moto Club dois jogadores tirados de campos.

Com o empate em casa, o Santos permaneceu fora do G4 do Grupo A2 – é o sétimo colocado com sete pontos ganhos. Já o Moto Club aparece em quarto lugar com nove pontos, mas pode perder posição caso o São Raimundo vença ou até mesmo empate sua partida contra o River neste domingo.

O JOGO
Fora de casa, o Moto Club criou a primeira oportunidade de gol na partida aos quatro minutos, quando Guilherme Rocha fez ótima jogada individual e finalizou cruzado. A bola passou perto da trave e assustou o goleiro Murilo.

A empolgação do Moto Club acabou rápido, pois aos 11 minutos Wesley recebeu cartão amarelo e, após reclamar bastante, recebeu o cartão vermelho. A expulsão comprometeu a tática maranhense, que vinha surtindo bons resultados.

Mas seis minutos depois o Santos também acabou ficando com um homem a menos em campo. O jogador acabou fazendo falta dura em contra-ataque do Moto Club e recebeu o vermelho direto do árbitro.

Após os momentos de tensão com as expulsões, o Santos conseguiu colocar os ânimos no lugar e abriu o placar. Aos 27 minutos, João Pedro lançou Mateus Rebé, que driblou o adversário e chutou cruzado. A bola no sobrou nos pés de Rafinha, que girou sobre a marcação e estufou as redes.

Jogadores do Santos comemoram gol no primeiro tempo
Jogadores do Santos comemoram gol no primeiro tempo
No segundo tempo, o Moto Club melhorou em campo e chegou ao empate aos 16 minutos, em cobrança de pênalti convertida por Wallace. A situação do time maranhense melhorou ainda mais em campo aos 29 minutos, quando Batata também foi expulso pelo lado do Santos.

Os times pareciam não querer a vitória neste sábado. Tanto é que, ao invés de aproveitar a superioridade em campo, o Moto Club voltou a ter jogador expulso aos 33 minutos, desta vez Ferron, que fez falta feia em Weldon.

Para completar o “show de horrores” neste sábado, o Santos teve o terceiro jogador expulso aos 38 minutos, quando Lessandro acertou cotovelada no adversário.

Os times passaram o jogo todo abusando das faltas e deixaram os gols apenas para os acréscimos. Aos 49 minutos, Dedé recebeu cruzamento e completou para as redes, deixando o Santos na frente do placar. Porém, dois minutos depois o Moto Club deixou tudo igual com Allan Patrick, que deu números finais a partida.

PRÓXIMOS JOGOS
Santos e Moto Club voltarão a se enfrentar na próxima quinta-feira, às 15h30, no estádio Nhozinnho Santos, em São Luís, pela primeira rodada do returno da primeira fase da competiçã.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
7ª rodada
Data
17/10/2020
Horário
16h00
Local
Zerão - Macapá (AP)
Árbitro
Wasley do Couto Leao (PA)

Assistentes
Inácio Barreto da Camara (AP) e Salmon Lopes da Silva (AP)

Cartões Amarelos
Santos-AP: Weldon, Fabinho, Otávio, Lessandro
Moto Club-MA: Wesley , Otávio, Guilherme Rocha

Cartões Vermelhos
Santos-AP: André Terlei, Batata
Moto Club-MA: Wesley , Ferron
Gols
Santos-AP: Rafinha 27' 1T, Dedê 49' 2T
Moto Club-MA: Wallace 16' 2T, Allan Patrick 51' 2T
Santos-AP
Murilo;
André Terlei, Dedé, João Pedro e Batata;
Lessandro, Balão Marabá (Ozenildo), Mateus Rebé (Palito) e Rafinha (Tuloza) (Otávio);
Weldon e Fabinho (Bruno).
Técnico: Edson Porto
Moto Club-MA
Saulo;
Guilherme Rocha, Martony, Ferron e Wesley;
Abu (Flamel), Edrean (Henrique) (André Luís), Jeff Silva e Allan Patrik;
Wallace Lima (Júlio) e Gleisinho.
Técnico: Léo Goiano