Criciúma-SC 4 x 4 Ypiranga-RS - Tigre cede empate e chega a seis jogos sem vencer

Os donos da casa chegaram a abrir 3 a 0 nos primeiros dez minutos, mas no segundo tempo caiu de rendimento e levou o empate

por Agência Futebol Interior

Criciúma, SC, 18 (AFI) - Apenas uma partida abriu as disputas da 16ª rodada da primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série C na noite desta quinta-feira (18). Depois de abrir 3 a 0 logo nos primeiros minutos de jogo, o Criciúma-SC perdeu a chance de acabar com um jejum de vitórias que agora dura seis partidas, ao empatar com o Ypiranga-RS, pelo placar de 4 a 4, no Estádio Heriberto Hülse.

Vindo de três derrotas e três empates nos últimos seis jogos, o Criciúma se manteve na sétima colocação do Grupo B com 18 pontos somados - a cinco pontos o Ituano, que tem 23 e é o primeiro time dentro da zona de classificação. Já o Ypiranga-RS, com o empate no fim, se manteve na vice-liderança da chave com 25 pontos.

CONFIRA OS MELHORES MOMENTOS DO DUELO

Espaço incorporado por HTML (embed)

PRIMEIRO TEMPO
Jogando em casa, o Criciúma mostrou superioridade desde o apito inicial e não demorou para tirar o zero do placar. Logo aos dois minutos, Jean Lucas apareceu na área e completou para o fundo das redes. O segundo gol saiu minutos depois, aos sete. O próprio camisa 10 arriscou de fora da área e marcou um golaço, o segundo dele no jogo.

Criciúma-SC empatam Ypiranga-RS na abertura da 16ª rodada da Série C (Foto: Celso da Luz/www.criciuma.com.br)
Criciúma-SC empatam Ypiranga-RS na abertura da 16ª rodada da Série C (Foto: Celso da Luz/www.criciuma.com.br)
Apesar da boa vantagem, os donos da casa não sossegaram e seguiram em cima. O terceiro gol veio aos nove. Alex Reinaldo cobrou falta na área, Jean Dias desviou de cabeça e o goleiro Carlão acabou aceitando. O Ypiranga-RS foi descontar aos 15. Depois de uma cobrança de escanteio, Douglas subiu mais alto que os zagueiros e diminuiu. Nos minutos restantes, o duelo seguiu movimentado, mas o primeiro tempo terminou mesmo com a vitória em 3 a 1.

SEGUNDO TEMPO
Na volta do intervalo, o Ypiranga foi para cima em busca do empate e diminuiu logo aos quatro minutos. Jean Silva avançou pela direita e cruzou na cabeça de Neto Pessoa, que testou firme para o fundo das redes. A partir daí, o ritmo do duelo caiu um pouco, mas ambas as equipes não abdicaram de atacar.

Tanto que o Criciúma fez o quarto gol aos 29. Nickson cobrou escanteio, ninguém apareceu para cabecear e a bola ficou viva na área. Eduardo Melo, que havia acabado de entrar no duelo, pegou o sobra e mandou para as redes. Depois disso, o Ypiranga foi para o tudo ou nada e aos 39 marcou o terceiro. Jean Silva cruzou na área e Neto Pessoa apareceu para fazer o segundo dele na partida. Já aos 42, Tarik desviou um chute de Quirino e fechou o placar em 4 a 4.

PRÓXIMOS JOGOS
Os dois times voltam a campo no próximo sábado (28) para a disputa da 17ª rodada da primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série C. Logo às 15h, o Criciúma-SC visita o São José-RS, no Estádio Francisco Noveletto. Um pouco mais tarde, às 16h, o Ypiranga-RS também joga fora de casa para encarar o Ituano-SP, no Estádio Novelli Júnior.

Ficha Técnica

Fase
Fase de Grupos
Rodada
16ª rodada
Data
19/11/2020
Horário
20h00
Local
Heriberto Hulse - Criciúma (SC)
Árbitro
Maguielson Lima Barbosa (DF)

Renda
--
Assistentes
Lucas Torquato Guerra (DF) e Renato Gomes Tolentino (DF)

Público
Portões Fechados
Cartões Amarelos
Criciúma-SC: Jean Lucas, Eduardo, Alex Reinaldo, Jean Dias, Foguinho
Ypiranga-RS: Jean Silva, Douglas, Leilson

Gols
Criciúma-SC: Jean Lucas 2' 1T, Jean Lucas 7' 1T, Jean Dias 9' 1T, Eduardo 29' 2T
Ypiranga-RS: Douglas 15' 1T, Neto Pessoa 4' 2T, Neto Pessoa 39' 2T, Tarik 42' 2T
Criciúma-SC
Agenor;
Alex Reinaldo (Victor Guilherme), Rodrigo Milanez, Mauricio e Kaíque;
Eduardo (Adenilson), Marino, Foguinho e Jean Lucas (João);
Zeca (Eduardo Melo) e Jean Dias (Nickson).
Técnico: Itamar Schülle
Ypiranga-RS
Carlão;
Muriel, Reinaldo, Douglas e Zé Mário (Assis);
Tárik, Jean Silva (Cristiano), Clayton e Mossoró (Pedrinho);
Neto Pessoa e Leilson (Quirino).
Técnico: Paulo Henrique Marques