Fluminense 2 x 0 Fortaleza – Fluzão vence, mas fica fora do G4!

Apesar da vitória, o São Paulo venceu o Flamengo no Morumbi e ficou com a quarta posição no Brasileirão

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 25 (AFI) – Num resultado positivo com gosto amargo, o Fluminense venceu o Fortaleza por 2 a 0, no Maracanã, no Rio, pela última rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar da vitória, o time carioca não conseguiu ficar no G4 e ficou sem a vaga direta na fase de grupos da Copa Libertadores.

A vitória desta quinta-feira manteve o Fluminense na quinta posição com 64 pontos. Um ponto a menos que o São Paulo, que venceu o Flamengo no Morumbi e ficou com o quarto lugar na classificação. Um resultado amargo para o time carioca, que não queria disputar a fase Pré-Libertadores.

Já o Fortaleza terminou o Brasileirão em 16º lugar com 41 pontos. O time cearense entrou em campo com chances remotas de rebaixamento, um lucro para quem ‘flertou’ com o descenso durante todo o campeonato.

VEJA OS GOLS DE FLUMINENSE 2 X 0 FORTALEZA

Elenco do Fluminense comemora o primeiro gol no Maracanã
Elenco do Fluminense comemora o primeiro gol no Maracanã

LÁ E CÁ NO MARACANÃ
Fora de casa, o Fortaleza tentou ditar o ritmo nos primeiros dez minutos. O time cearense teve maior posse de bola e envolveu os cariocas. Logo aos dois minutos, após troca de passes, o lateral Carlinhos recebeu na entrada da área e finalizou forte, mas por cima do travessão de Felipe Alves.

O Fluminense não havia feito muita coisa em campo, até que aos 20 minutos abriu o placar com o artilheiro Fred. Danilo Barcelos cobrou escanteio pelo lado esquerdo, o atacante cabeceou e Felipe Alves fez linda defesa. Porém, no rebote Fred não desperdiçou e encheu o pé para marcar.

Melhor em campo apesar da desvantagem no placar, o Fortaleza não sentiu o gol e aos 22 minutos poderia ter empatado. David recebeu passe, girou sobre a marcação e finalizou com a perna esquerda. O goleiro Marcos Felipe se esticou todo e mandou a bola para escanteio.

O ritmo dos times seguiu forte até o intervalo. O Fluminense teve como proposta os contra-ataques e conseguiu se recompor com agilidade quando o Fortaleza tinha a posse de bola. Os cearenses mantiveram as trocas de passe, mas falharam bastante no último terço do campo para ao menos empatar a partida.

Segundo tempo foi bastante disputado entre os dois times
Segundo tempo foi bastante disputado entre os dois times

VITÓRIA GARANTIDA
Após o intervalo o Fortaleza manteve o ritmo e seguiu chegando com perigo na defesa do Fluminense. Aos 13 minutos, Romarinho fez jogada individual e tocou para Ronald, na grande área. O jogador se enrolou com a bola, mas ainda assim finalizou no travessão do lado de fora.

A regra no futebol é clara. Quem não faz, leva. Na primeira oportunidade do segundo tempo, o Fluminense ampliou o marcador. Nenê cobrou escanteio e o zagueiro Matheus Ferraz cabeceou para as redes. O detalhe é que essa foi a primeira partida do jogador após ter se recuperado do novo coronavírus.

O segundo gol carioca fez o Fortaleza diminuir as investidas no Maracanã. Melhor para o Fluminense, que passou a ter maior controle do jogo. A notícia ruim de uma possível lesão muscular de Fred, que precisou ser substituído. Nenê foi outro jogador que precisou deixar o gramado por problemas físicos.

Restou ao Fluminense segurar a vitória sobre o Fortaleza, mas lamentar a vitória do São Paulo sobre o Flamengo, que deixou o time fora do G4 e sem a vaga direta na fase de grupos da Copa Libertadores 2021.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
38ª rodada
Data
25/02/2021
Horário
21h30
Local
Maracanã - Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro
Anderson Daronco (RS)

Assistentes
Rafael da Silva Alves (RS) e Michael Stanislau (RS)

Gols
Fluminense-RJ: Fred 20' 1T, Matheus Ferraz 15' 2T
Fluminense-RJ
Marcos Felipe;
Calegari (Igor Julião), Matheus Ferraz, Luccas Claro e Danilo Barcelos;
Martinelli, Yago Felipe e Nenê (Michel Araújo);
Luiz Henrique (Caio Paulista), Fred (John Kennedy) e Lucca.
Técnico: Marcão
Fortaleza-CE
Felipe Alves;
Tinga, Wanderson, Paulão e Carlinhos;
Juninho, Ronald (Luiz Henrique) e Derley (Pablo);
Romarinho (Igor Torres), David (João Paulo) e Osvaldo (Wellington Paulista)
Técnico: Enderson Moreira