Vitória 0 x 0 Atlético-MG - Aranha garante empate e liderança

por Agência Futebol Interior

Salvador, BA, 19 (AFI) – Longe de ter uma grande atuação, o Atlético Mineiro segurou o empate sem gols com o Vitória, neste domingo à tarde, no Estádio Barradão, em Salvador, pela 12.ª rodada. E este resultado, apertado, porém justo, lhe3 valeu a liderança da competição, onde tem 25 pontos, igual ao Palmeiras, mas leva vantagem no saldo de gols: 13 a 10.

O Vitória, que perdeu muitas chances com o artilheiro Roger (8 gols) continua em quatro lugar, agora com 21 pontos. O melhor em campo foi o goleiro Aranha, que quando não defendeu contou com a ajuda da sua defesa ou da sorte.

Desfalques sentidos
A boa campanha do Vitória se deve bastante ao técnico Paulo César Carpegianni. Com ele o rubro-negro ganhou um “plus” – mais qualidade e mais tática. Mas a dificuldade neste jogo, diante do líder Atlético-MG, foram os desfalques na defesa. Os três zagueiros estavam suspensos, além do reserva Marcos Aurélio estar machucado.

Mesmo com algumas improvisações, o Vitória tomou as iniciativas ofensivas, principalmente pelo lado direito com as boas descidas do lateral-direito Apodi. O cabeludo se transforma em Salvador, a sua terrinha, depois de decepcionar no Cruzeiro e de nem aparecer no Santos. Apesar do maior volume de jogo, o time baiano só ameaçou com chutes de longa distância facilitando o trabalho do goleirão Aranha, ex-Ponte Preta.

Duelo entre artilheiro e goleiro
E o segundo tempo só deu Vitória com um duelo especial entre o artilheiro Roger, com oito gols, e o goleiro Aranha. Coincidentemente os dois foram formados na Ponte Preta, de Campinas. Os dois travaram um duelo especial, vencido por Aranha.

Aos cinco minutos, Roger entrou na grande área livre depois de passe açucarado e Leandro Domingues, mas Aranha fez a defesa em dois tempos. Aos 16 minutos, Roger tentou duas vezes e Aranha foi perfeito. Aos 26 minutos, Eoger tentou de cabeça e Aranha defendeu de novo.

Mais oportunidades
A chance mais incrível saiu aos 30 minutos, quando saiu o cruzamento do lado esquerdo, a defesa não cortou e Roger ajeitou na pequena área. Depois bateu de esquerda, mas a bola tocou no pé da trave, correu pelo gol e saiu. Um lance incrível! Aos 37 minutos, depois de falta cobrada por Leandro Domingues, o rebote de Aranha quase ficou nos pés de Roger, travado pela defesa.

Após tantas chances, não há dúvidas de que Aranha foi mesmo o melhor em campo, garantindo o empate sem gols e a liderança do Atlético.

Próximos Jogos
Os dois times voltam a campo na quinta-feira, pela 13.ª rodada. O Vitória vai enfrentar o Corinthians, no Pacaembu, enquanto o Atlético vai receber, no Mineirão, o lanterna Fluminense.

Ficha Técnica

Vitória 0 x 0 Atlético-MG

Local: Estádio Barradão, em Salvador-BA
Renda: não disponível
Público:
16.101 pagantes Árbitro: Leandro Vuaden (RS)
Cartões amarelos Viáfara, Uelliton, Apodi (Vitória).
Werley (Atlético-MG)

Vitória
Viáfara, Renier (Robson), Uelliton e Carlos Alberto; Apodi (Elkeson), Magal, Gil, Leandro Domingues e Leandro; William (Bida) e Roger.
Técnico: Paulo César Carpegiani

Atlético-MG
Aranha, Carlos Alberto (Serginho), Werley, Welton Felipe e Thiago Feltri; Jonílson, Renan (Alex Bruno), Márcio Araújo e Evandro; Éder Luis e Alessandro (Kléber).
Técnico: Celso Roth