Gigante sul-americano vai propor novo contrato para que ídolo encerre carreira em casa

O atacante argentino Carlitos Tévez tem vínculo somente até 30 de junho e vai negociar proposta com o vice-presidente Riquelme

por Agência Estado

Campinas, SP, 24 - A diretoria do Boca Juniors montou um plano especial para propor ao atacante Carlitos Tévez a renovação de contrato, com o intuito de fazer o jogador de 36 anos prorrogar o vínculo e se aposentar pela equipe.

Segundo o jornal argentino Olé, o plano é convencer o ídolo da torcida a se manter em atividade até o fim do próximo ano para que ele se despeça do futebol ao fim da Copa Libertadores de 2021. No Brasil, Carlitos Tévez defendeu o Corinthians.

Quem tem tratado das negociações é o ex-meia Juan Riquelme, atual vice-presidente do clube. A proposta entregue para Tévez é de receber um dos salários mais altos do futebol argentino, cerca de R$ 7,7 milhões por mês.

A pressa pela definição se dá porque o jogador tem acordo somente até 30 de junho. Assim como os demais países, o calendário do futebol argentino está paralisado por causa da pandemia do novo coronavírus.

O Boca Juniors pretende oferecer a renovação em reconhecimento à carreira de Tévez. Formado no clube argentino, foi destaque na conquista da Copa Libertadores em 2003, ainda com 19 anos.

Carlitos Tévez comandou o Boca Juniors ao título argentino da última temporada
Carlitos Tévez comandou o Boca Juniors ao título argentino da última temporada
O atacante deixou a equipe no fim de 2004, quando veio ao Corinthians, e teve outras passagens por La Bombonera entre 2015 e 2016 e, por último, desde 2018. Apesar de veterano, a diretoria entende que é justo continuar com Tévez como forma de reconhecimento.

O atacante comemorou recentemente o título de Campeonato Argentino pelo Boca. E foi dele o gol decisivo. Pouco antes da pandemia, a equipe superou a concorrência com o rival River Plate para ficar com a taça. A conquista foi a 10ª do atacante com a camisa do clube.