Com Avaí precisando de gols, Claudinei diz que vai esperar por Júnior Dutra e Renato

Além de gols, o Avaí terá que encerrar jejum de dois anos sem vencer o rival em Itajaí

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 04 (AFI) - O Avaí, para sonhar com a final do Campeonato Catarinense, precisa de gols. O time do técnico Claudinei Oliveira, após empatar na ida por 0 a 0, precisará vencer o Brusque no Augusto Bauer no domingo. Até mesmo por isso, o treinador vai esperar uma posição do departamento médico sobre os atacantes Júnior Dutra e Renato.

"Com relação ao Júnior Dutra e ao Renato, nós vamos aguardar um posicionamento do departamento médico. São jogadores que estão sob os cuidados do DM, jogadores importantes que não pudemos contar. Não tenho como falar nada porque ainda não temos certeza", explicou Claudinei.

Avaí precisa de gols. (Foto: André Palma Ribeiro / Avaí)
Avaí precisa de gols. (Foto: André Palma Ribeiro / Avaí)
Renato está com dores na musculatura torácica e já desfalcou o Avaí nas últimas três partidas. Júnior Dutra, por sua vez, ficou fora dos últimos dois jogos por conta de um edema muscular na coxa.

JEJUM!
Além de gols, o Avaí terá que encerrar jejum de dois anos sem vencer o rival em Itajaí. São quatro partidas com três derrotas e um empate. A última vitória foi em abril de 2019 - 4 a 0.

Como tem melhor campanha do que o rival, o Brusque jogará pelo empate no próximo domingo no Augusto Bauer. Ao Avaí, restará vencer o jogo para seguir vivo na briga pelo título Estadual. O confronto coloca frente a frente dois clubes com invencibilidades.

MOURINHO NA ROMA!
O Brusque, por exemplo, não perde desde 17 de março, quando apanhou do Retrô, por 1 a 0, pela Copa do Brasil. De lá para cá são dez jogos de invencibilidade. Já a série do Avaí tem 11 partidas. O último tropeço do clube foi justamente diante do Brusque, em 21 de março, pela primeira fase do estadual.